Partilhar

A Excepção de Ilegalidade no Contencioso da União Europeia

Francisco Paes Marques

Sujeito a confirmação por parte da editora

Desconto: 20%
8,00 € 10,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

ÍNDICE

NOTA PRÉVIA
ABREVIATURAS UTILIZADAS

1 - DELIMITAÇÃO DO OBJECTO DO ESTUDO

2 - CONCEITO, FUNÇÃO E NATUREZA
2.1 — Considerações terminológicas
2.2 — Natureza jurídica
2.3 — Função da excepção de ilegalidade

3 - LEGITIMIDADE ACTIVA
3.1 — Estados Membros
3.2 — Órgãos comunitários
3.3 — Particulares

4 - LEGITIMIDADE PASSIVA

5 - OS ACTOS OBJECTO DA EXCEPÇÃO DE ILEGALIDADE
5.1 — Regulamentos
5.2 — Directivas
5.3 — Decisões
5.4 — Actos atípicos
5.5 — Acordos internacionais

6 - PRAZO DE INVOCAÇÃO

7 - VÍCIOS DO ACTO OBJECTO DE EXCEPÇÃO

8 - OBRIGATORIEDADE DE INVOCAÇÃO

9 - NEXO ENTRE O ACTO DE CARÁCTER GERAL E A MEDIDA IMPUGNADA

10 - MEIOS PROCESSUAIS EM QUE A EXCEPÇÃO PODE SER INVOCADA
10.1 — Recurso de anulação
10.2 — Acção de omissão
10.3 — Acção de responsabilidade extracontratual
10.4 — Acção por incumprimento
10.5 — Processo das questões prejudiciais

11 - EFEITOS DA EXCEPÇÃO DE ILEGALIDADE

12 - CONCLUSÕES

JURISPRUDÊNCIA
BIBLIOGRAFIA

Ler mais

Autor

Francisco Paes Marques

Obtenção do Grau de Doutor, em Ciências Jurídico-Políticas na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (2016);
Professor Auxiliar da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (2016-); 
Consultor Jurídico na área do Direito Administrativo Geral, Urbanismo e Ambiente (2005-).   
Formador do Instituto Nacional da Administração (INA) e Centro de Estudos Judiciários (CEJ) [2014-] 

Ler mais