Partilhar

Desconto: 10%
9,00 € 10,00 €

Detalhes do Produto

  • Editora: Abysmo
  • Categorias:
  • Ano: 2015
  • ISBN: 9789898688200
  • Número de páginas: 72
  • Capa: Brochado

Sinopse

Albertine, o Continente Celeste é uma criação com texto original de Gonçalo Waddington que toma como ponto de partida a obra Em Busca do Tempo Perdido , de Marcel Proust, e os trabalhos de alguns dos mais destacados físicos teóricos e cosmólogos dos nossos dias, como Stephen Hawking, Lee Smolin, Sean Carroll, Carlo Rovelli e Pedro G. Ferreira. Ao abordar estas obras fundamentais da arte e da ciência, procura-se refletir sobre a memória e o tempo. A memória como ferramenta para compreender o passado, mas também a memória imaginada, propositadamente ou não, reconstrutora daquilo que julgamos ter sido e, consequentemente, re-inventora do nosso eu. O tempo, aqui, como origem da vida no universo. Ou melhor, como a origem do próprio Universo. Uma busca interior versus uma busca exterior. Proust busca a essência. Os outros, a origem. 

Ler mais

Autor

Gonçalo Waddington

Gonçalo Waddington (Lisboa, 1977) é ator, encenador, realizador, dramaturgo e argumentista. Frequentou o Curso da Escola Profissional de Teatro de Cascais, tendo iniciado a sua carreira no teatro, em 1995, no Teatro Experimental de Cascais. Como ator, tem trabalhado com inúmeros encenadores como, Luís Miguel Cintra, Tonan Quito, Cristina Carvalhal, Tiago Rodrigues, Jorge Silva Melo, entre outos. Colaborou com companhias como o Mundo Perfeito, os Primeiros Sintomas, o Teatro Meridional, Teatro da Cornucópia ou Artistas Unidos. No teatro escreveu e encenou Albertine, o Continente Celeste e a tetralogia O Nosso Desporto Preferido. Colaborou com a companhia holandesa Dood Paard nas peças Answer Me de Gerardjan Rijnders e TheJew de Christopher Marlowe.

No cinema, escreveu e realizou o filme PATRICK, a estrear em 2020, e escreveu, produziu e realizou as curtas-metragens NUNHUM NOME, que teve a sua estreia internacional no Festival de Cine Las Palmas de Gran Canaria e IMACULADO, que teve estreia na competição internacional no Indie´13.

Para televisão co-criou, co-escreveu e co-protagonizou da série ODISSEIA, para a RTP e protagonizou a série Até Amanhã Camaradas de Joaquim Leitão, e, mais recentemente, Teorias da Conspiração, de Manuel Pureza.


Ler mais