Partilhar

Práticas Artísticas e Participação Política

Hugo Cruz

Sujeito a confirmação por parte da editora



Desconto: 10%
16,20 € 18,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

As práticas artísticas participativas e comunitárias reúnem um interesse crescente na atualidade. Num momento de particular fragilidade para as democracias e para a nossa vivência coletiva, este livro procura cruzar os contributos da arte, da participação e da política. Com base em estudos, inéditos pela sua dimensão e profundidade, desenvolvidos pelo autor em Portugal e Brasil nos últimos quatro anos, envolvendo 332 pessoas de 23 grupos teatrais, são discutidos os elementos fundamentais destas práticas, bem como as potencialidades e fragilidades que os processos criativos encerram na sua ligação à participação cívica e política.

***

(...) Hugo Cruz aborda várias questões fundamentais para o discurso internacional das artes aplicadas e comunitárias (...). Não conheço nenhum outro estudo empírico de artes comunitárias tão alargado e executado de forma tão completa.

[EUGENE VAN ERVEN (Universidade Utrecht, Holanda) in Prefácio] ***

Por mim, gosto de andar pelos caminhos do experimentalismo, pelas roturas estéticas e pelo fragmentarismo, entretenho-me com o contempo- râneo, com o «jogo dos possíveis» (...). Por isso me interesso pelas práticas artísticas comunitárias e a sua relação com a participação cívica e política. Por isso me interessa o trabalho de Hugo Cruz, seja no terreno próprio dos lugares de brasa, que tão bem conhece, seja agora neste «ar- rojo» de trazer aquelas práticas para o mundo académico, onde as emoções e o voluntarismo cedem diante do dogmático e do teorético, impondo um compromisso estrito com o rigor do conceptual e do racional.

[ÁLVARO LABORINHO LÚCIO (escritor) in Posfácio]

Ler mais

Autor

Hugo Cruz

HUGO CRUZ Cruzou Campanhã e o Bonfim enquanto crescia, a janela de um 6.o andar com as ruas sem saída das avós, tias/os e primos/as. Dos percursos paralelos e simultâneos na psicologia comunitária e da criação artística encontrou respiração no que era o próximo do humano. Reconheceu-se nos movimentos associativos e na ação cívica e política. Neste percurso doutorou-se na Universi- dade do Porto e fez uma pós-graduação em Teatro Social e Intervenção Sócio-Educativa na Universidade Ramon Llull. Publica e leciona nos contextos nacional e internacional nas áreas da “criação artística e espaço público”, “práticas artísticas comunitárias e participação cívica e política”, “arte e política” e “políticas culturais”. É investigador no CIIE-Universidade do Porto e CHAIA -Universidade de Évora. Integra a equipa de avaliação externa da Iniciativa PARTIS / Art for Change – Fundação Calouste Gulbenkian/Fundação La Caixa. Assume a direção artístico do MEXE_Encontro Internacional de Arte e Comunidade e de diversos projetos teatrais em coconstrução com comunidades locais. Desenvolve consultadoria em diferentes projetos nacionais e internacionais (e.g. municípios, festivais e fundações). É cofundador da Pele, Núcleo do Teatro do Oprimido do Porto e Nómada. www.artandparticipation.com.

Ler mais