Partilhar

Desconto: 10%
19,99 € 22,21 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Depois de quase cinco anos de vigência da Lei 30/2002, de 20 de Dezembro, entendeu o Governo ser adequado e oportuno proceder a alterações ao denominado Estatuto do Aluno, por considerar que aquele se tinha revelado "insuficiente para resolver os problemas disciplinares nas escolas, sobretudo devido à sua excessiva burocratização" em termos de procedimentos. Assim, a Lei surge com o objectivo fundamental de reforçar a autoridade disciplinar dos professores e das direcções das escolas, conferindo-lhes competências e responsabilidades que aqueles actores educativos há muito vinham reclamando.
Este diploma, porém, não deve ser visto, apenas, como um mero estatuto disciplinar dos alunos, impondo-se valorar todos as demais disposições nele incluídas, nomeadamente no que se refere aos valores que subjazem à (con)vivência escolar e aos objectivos e estratégias para se alcançar com sucesso a formação integral das crianças, a que não podem ser alheios os próprios pais e encarregados de educação.
Assim, pretendemos que esta obra constitua um instrumento útil de apoio e de trabalho para todos aqueles que, diariamente, têm, no terreno, de enfrentar os desafios da promoção da melhoria do ambiente educativo nas escolas, da exigência de melhor aprendizagem e formação e da construção de uma escola de valores. Mas, pretendemos com ela, igualmente, alertar os pais e encarregados de educação para o papel determinante que têm na escola e na formação integrada e responsável dos seus filhos, fornecendo-lhes, entre outros elementos, um conjunto articulado de diplomas que lhes podem ser úteis para a sua a sua participação determinada e esclarecida no processo educativo dos seus educandos.

Formulário
O Poder Paternal e a Figura do Encarregado de Educação no Sistema Educativo Português
Jurisprudência
Legislação Complementar

Ler mais

Autor(es)

Esmeralda Nascimento

Advogada, Licenciada em Direito (área jurídico política) pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, em 1987 e com Pós-Graduação em Direito Comunitário, pela Universidade Lusíada, Porto, em 1992. É também Formadora e foi Docente equiparada a Assistente na Escola Superior de Estudos Industriais e de Gestão no curso de Ciências e Tecnologias da Documentação e Informação, da disciplina de Direito da Informação, até 2009.

Ler mais

Fátima Correia Leite

Ler mais