Partilhar

O Cemitério do Elefante Branco - Literatura, Retornados e Ficções do Império Português

Lugar da História

João Pedro George

Pré-venda



Desconto: 20%
15,92 € 19,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

A descolonização do império português deixou marcas profundas tanto nos territórios até então ocupados como na metrópole, para onde afluíram, em poucos anos, mais de setecentas mil pessoas, que chegavam das antigas colónias ultramarinas a um país que não estava preparado para recebê-las. O que estava até agora por estudar era a expressão que o processo de descolonização, nas suas várias vertentes, assumiu na literatura e no meio editorial português.

João Pedro George colmata essa falha, ao analisar o abalo que aquele processo representou para o meio literário e suas instituições.


Ler mais

Amostra

Autor

João Pedro George

Nasceu em Moçambique em 13 de fevereiro de 1972. Doutorado em Sociologia, foi assistente na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa durante quinze anos, é investigador associado no Instituto Português de Relações Internacionais (Universidade Nova de Lisboa) e está, atualmente, a concluir um pós-doutoramento em História com a tese Descolonização e Democratização em Portugal: O Caso dos Retornados. Foi crítico literário n'O Independente e na revista Os Meus Livros e tem colaborado em diferentes jornais e revistas, como Observador, Visão ou Sábado. Nesta última, assinou, durante mais de quatro anos, uma crónica semanal subordinada ao título genérico Coração, Cabeça e Estômago.

Além de tradutor, é autor de obras como O Meio Literário Português: Prémios Literários, Escritores e Acontecimentos (1960-1999) (Difel), Não é Fácil Dizer Bem. Críticas, Obsessões e Outras Ficções (Edições Tinta-da-China), Puta Que os Pariu! A Biografia de Luiz Pacheco (Edições Tinta-da-China), O Que é Um Escritor Maldito? Estudo de Sociologia da Literatura (Verbo), Mota Pinto. Biografia (Contraponto), Chatear o Camões. Inquérito à Vida Cultural (Maldoror) ou O Super-Camões. Biografia de Fernando Pessoa (Publicações Dom Quixote).

Colaborou com o semanário Independente e, mais recentemente, com a revista Sábado. Publicou, nas Edições 70, a coletânea de crónicas Viajar na Maionese.


Ler mais