Partilhar

Timor-Leste, Colonialismo, Descolonização, Lusutopia

Rui Graça Feijó

Em Stock



Desconto: 10%
20,70 € 23,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Quinhentos anos depois da chegada dos portugueses à ilha do “oloroso sândalo”, Timor-Leste é hoje uma nação independente. A autodeterminação do que foi o Timor Português pode ter começado com a Revolução dos Cravos em Lisboa, mas o processo em que se inseriu tem raízes mais longínquas no próprio sistema colonial, e prolongou-se dramaticamente por um quarto de século em que o território sofreu brutais privações. O Referendo de 30 de Agosto de 1999 evidenciou que havia uma nação constituída que aspirava a tornar-se estado independente, não renegando a sua história rica e polifacetada, antes desejando reconfigurar num quadro de respeito pelos direitos humanos e pela sua soberania os laços que foram sido tecidos com outros povos e culturas. Neste volume reúnem-se contribuições de cerca de duas dezenas de observadores atentos das condições de vida contemporâneas de Timor-Leste, provenientes de várias partes do mundo, num esforço por iluminar o modo como o país se insere num mundo globalizado, valorizando o seu percurso histórico e os feixes de relações que se foram tecendo e que contribuem fortemente para a construção permanentemente em marcha da sua identidade.

Ler mais

Autor

Rui Graça Feijó

(D.Phil Oxon, 1984) é Investigador associado no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra. Desde 2004 tem acompanhado de perto a vida de Timor-Leste, onde viveu em 2005 e 2006, trabalhando como assessor da Presidência da República, tendo depois realizado numerosas visitas de estudo. Escreveu Timor-Leste: Paisagem Tropical com gente dentro (Lisboa, Campo da Comunicação, 2006) bem como numerosos artigos em revistas e capitulos em livros especializados. A sua investigação actual está centrada nas dinâmicas de poder a nível local, compreendendo tanto os sukus e aldeias como as projectadas novas instituições municipais.

Ler mais