João Luís Gonçalves

Exerceu quatro missões em Timor-Leste, entre 2001 e 2014, no âmbito da UNDP/PNUD (2002); Procurador internacional pela UNMISET (2002/2003); Conselheiro das Nações Unidas na Procuradoria-Geral da República de Timor-Leste, entre 2004/2005; Em 2014, foi assessor jurídico do Ministro da Justiça do Governo da República Democrática de Timor-Leste. Atualmente é Procurador da República na comarca de Faro. Tem cerca de vinte trabalhos publicados sobre temas vários (história, ficção, romance e teatro e monografias), entre os quais, o romance João do Canto, sobre a revolta dos caseiros de 1817, Ed. O Liberal, 2015; Deus me faça feliz, histórias e lendas de pescadores, com o qual recebeu o prémio «Personalidade do Livro 2013» pela Editora O Liberal; e Breve História do Imposto, Edições Vieira da Silva, Lisboa, 2013 (este incluído no “Plano Nacional de Leitura”) e 2.ª edição, 2015. Livros e trabalhos mais relevantes sobre Timor-Leste: - Gente de Timor-Leste, 1º e 2º vol. e Ema Husi Timor-Leste, acima mencionados na bibliografia; - Crimes Ordinários, Crimes Graves e Justiça Tradicional – Timor-Leste 2002-2004, Edit. O Liberal, 2017; - Revolta de 1959 em Timor-Leste – Uma história desconhecida sobre o início da guerra do Ultramar, Edição Letras & Coisas, Porto, 2018; - Colaborou com textos sobre Timor-Leste, juntamente com outros autores, no livro Registos Históricos, Editora O Liberal, 2011; - Participou na revisão da 2.ª edição do livro Gentio de Timor, citado na bibliografia; - Colaborou noutras exposições e artigos sobre Timor-Leste em várias revistas e jornais.


  • Filtrar por:

Não encontrou o que procura ?

Utilize o nosso formulário de Pedido de Livros