Partilhar

Os Relatórios Confidenciais da II Repartição do EME para o CEMGFA

Fora de Coleção

José Manuel Duarte de Jesus

Disponibilidade Imediata

Desconto: 76%
5,00 € 20,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

De 5 de Novembro de 1974 a 11 de Junho de 1975, a II Repartição do Estado Maior do Exército elaborou regularmente relatórios para o CEMGFA (Chefe de Estado Maior General das Forças Armadas.) Pretendia-se, com os relatórios, uma análise objectiva e imparcial, na medida do possível, da realidade político-social do país, então efervescente, assim como da forma como esta mesma realidade era vista pela imprensa internacional, para avaliar o que se dizia sobre Portugal, desde a Rádio Moscovo ao Financial Times, Guardian, BBC, Le Monde, International Herald Tribune, Voz da Alemanha, para citar apenas alguns dos mais relevantes.
Entre os muitos assuntos tratados nestes Relatórios figuram:
o papel da extrema-esquerda e do PCP no quadro da indisciplina militar e civil; os rumores de intentonas e os distúrbios estudantis; uma análise ao papel e a acção da Igreja; os processos de independências nos territórios ultramarinos; os Congressos do PS e do PSD; o problema da participação das Forças Armadas na Assembleia Constituinte; as declarações de Almeida Santos na ONU sobre as colónias; a chegada do novo embaixador americano, Carlucci, e a visita de Edward Kennedy; as ajudas americanas; a NATO e a CEE; a República Popular da China, A Formosa e Macau; a evolução conducente ao 11 de Março; o recrudescimento da violência e o grande ataque ao Congresso do CDS no Porto; o 11 de Março, os «mistérios» que o envolveram e as medidas que se lhe sucederam; a instituição do Conselho da Revolução e as reações no estrangeiro; relato dos acontecimentos na Embaixada de Espanha, etc.

Ler mais

Autor

José Manuel Duarte de Jesus

(n. 1935) É actualmente embaixador jubilado; licenciado em História e Filosofia, com mestrado em Lógica Matemática (Universidade de Lisboa); doutorado em História das Relações Internacionais (Universidade Nova). Durante a sua carreira diplomática serviu em Rabat, Bona, Lille, Praga, CEE, tendo sido embaixador em Kinshasa, Brazzavile, Bangui, Kigali, Bujumbura, Pequim, Ulan Bator, Pyong Yang, e Otava. Tem vários livros publicados, assim como artigos em revistas científicas, tanto em Portugal como no estrangeiro. Os seus temas principais de especialização são a China, a África, a negociação e a teoria da decisão. Tem sido docente convidado e é investigador integrado no Instituto do Oriente do ISCSP, da Universidade Técnica e no IPRI, da Universidade Nova, e Senior Partner na EDGE Solutions. Deixou a carreira diplomática por razões políticas em Dezembro de 1965, tendo vivido no estrangeiro, onde esteve activo na área financeira: foi presidente de um fundo de investimento (Fund of Commodities) e vice-presidente da General Commodities Corp. Regressou à carreira diplomática depois de Abril de 1974.

Ler mais