Partilhar

Os Lugares (Im)Possíveis da Cidadania - Estado e Risco num Mundo Globalizado

Coleção CES

Organização: José Manuel Mendes, Pedro Araújo

Em Stock


Desconto: 75%
4,97 € 19,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

"No caso de acontecimentos extremos ou de situações perigosas permanentes há uma maior legitimação para a intervenção do Estado e para a suspensão das normas e regulações sociais e económicas, para a criação de um estado de exceção que revela a inelutável presença do Estado. A crescente escala global dos riscos e o papel central das agências de regulação transnacionais, e a consequente dissociação da nação e do Estado, desvia as atenções dos mecanismos materiais e simbólicos que operam no terreno da política interna dos Estados e na luta política que emerge em resultado da ocorrência de acontecimentos extremos e das situações perigosas permanentes.
Os acontecimentos extremos e as situações perigosas permanentes mostram o trabalho político incessante para colocar os grupos e os indivíduos descartáveis fora das redes sociais e das comunidades nacionais imaginadas.
A alternativa é o delinear de tecnologias sociais de participação que conduzam à construção de epistemologias cívicas que permitam a presença informada e crítica dos cidadãos no espaço público. Estas epistemologias cívicas definem como as sociedades democráticas adquirem um conhecimento comum para objetivos de ação coletiva, sendo aquelas moldadas pelas diferentes culturas políticas e pelos contextos nacionais."

Ler mais

Autor(es)

José Manuel Mendes

Doutorado em Sociologia pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, onde exerce as funções de Professor Auxiliar. Investigador do Centro de Estudos Sociais, tem trabalhado nas áreas dos movimentos sociais e ação colectiva e, mais recentemente, nas questões relacionadas com o trauma, o risco e a vulnerabilidade social. É cocoordenador do Observatório do Risco (osiris) e do Centro de Trauma, sediados no Centro de Estudos Sociais. Das suas publicações destacam-se os artigos «Pessoas sem voz, redes indizíveis e grupos descartáveis: os limites da teoria do actor-rede” (Prémio Análise Social 2011) e “Social Vulnerability Indexes as Planning Tools: Beyond the Preparedness Paradigm”, Journal of Risk Research.

Ler mais

Pedro Araújo

Investigador do Centro de Estudos Sociais – Laboratório Associado. É Mestre em Sociologia pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra e licenciado pela mesma Faculdade. Os seus interesses de investigação centram-se nas questões do desemprego e, mais recentemente, do risco e da cidadania. Das suas publicações destacam-se os livros «A Tirania do Presente. Do trabalho para a vida às incertezas do desemprego» (Quarteto, 2008) e, em coautoria com Hermes Costa, «As vozes do trabalho nas multinacionais: o impacto dos Conselhos de Empresa Europeus em Portugal» (Almedina/CES, 2009), distinguido com o Prémio Agostinho Roseta (6ª edição).

Ler mais