Partilhar

O Último Natal de Guerra

Primo Levi

Indisponível


Desconto: 10%
10,80 € 12,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

O último Natal de Guerra reúne 26 contos originalmente publicados em jornais, que Marco Belpoliti, crítico da obra de Primo Levi, relançou numa edição póstuma. Ao longo dos contos, o autor, partindo da sua experiência como prisioneiro judeu nos campos de concentração nazi - o tema central da literatura de Primo Levi - mostra-se engenhoso na narrativa de estrutura breve, explorando modos de escrita e variações temáticas.

O humor de Levi é de uma profunda compreensão do espírito humano, de uma tendência para tudo observar com espanto e regozijo, surpreendendo-se e maravilhando-se sem nunca renunciar à sua capacidade analítica e crítica. Através das características, dos aspectos biológicos e dos comportamentos de animais entrevistados, o autor descreve o nosso mundo – os hábitos, as atitudes, os tabus, os lugares-comuns. Primo Levi enceta assim um exercício antropológico por meio da observação do mundo natural.

A presente edição dos Livros Cotovia é uma tradução do italiano de Clara Rowland.

Ler mais

Autor

Primo Levi

Primo Levi nasceu em Turim, em 1919, e suicidou-se nessa cidade em 1987. Licenciado em Química, participou na Resistência, foi preso e internado no campo de concentração de Auschwitz. É com Calvino e Pavese, uma das principais figuras da geração italiana do pós-guerra. Notabilizou-se pela autoria de vários livros sobre a experiência naqueles campos ? de que o livro Se isto é um homem é o exemplo mais célebre ? assim como por contos e romances. Assim foi Auschwitz, escrito com Leonardo De Benedetti e curado por Fabio levi e Domenico Scarpa, recolhe um conjunto admirável de textos inéditos em Portugal sobre a experiência dos campos de extermínio. «Esta é a experiência da qual saí e que me marcou profundamente; o seu símbolo é a tatuagem que até hoje trago no braço: o meu nome de quando não tinha nome, o número 174517. Marcou-me, mas não me tirou o desejo de viver. Aumentou-o, porque conferiu uma finalidade à minha vida, a de dar testemunho, para que nada semelhante alguma vez volte a acontecer. É esta a finalidade que têm os meus livros.»

Ler mais