Partilhar

O Homem que Sabe Pensar

James Allen

Indisponível



Desconto: 10%
11,21 € 12,46 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Aquele que cultiva um verdadeiro ideal no seu coração irá, um dia, realizá-lo. O Homem que Sabe Pensar é um clássico intemporal que tem inspirado milhares de leitores em todo o mundo, influenciado pensadores, filósofos e teólogos ao longo de décadas e décadas, e, desde que foi publicado, tem sido citado e elogiado vezes sem conta por autores das mais diversas áreas. Carregado de conselhos práticos, conduz-nos diretamente para aquilo que é importante, sem perder tempo com discursos desnecessários. É simples, verdadeiro, profundo, e toca instantaneamente o coração dos leitores. Mostra-nos que a nossa mente guia os nossos passos ao longo do caminho da vida e que aquilo que pensamos influencia diretamente a nossa vida, algo que, muitas vezes, subestimamos. Mas como devemos começar e onde é que podemos procurar? Como é que alcançamos a clareza de mente necessária para nos trazer a iluminação e a felicidade? Neste livro, James Allen oferece respostas claras a estas perguntas. O Homem que Sabe Pensar é um livro extremamente bem escrito, lúcido, belo e comovente, que respira o puro ar da verdadeira espiritualidade. É uma fonte de inspiração para todos aqueles que o leem de espírito aberto e toca profundamente a alma de cada um. Os nossos pensamentos são a semente de tudo o que acontece nas nossas vidas. Tornamo-nos naquilo que pensamos. A partir daqui, a escolha depende de nós: ou decidimos ser donos e senhores do nosso pensamento e criamos a vida que queremos, ou permanecemos focados na negatividade, na frustração e no fracasso.

Ler mais

Autor

James Allen

James Allen foi escritor, filósofo e poeta.

Escreveu sobre temas complexos como a fé, o destino, o amor, a paciência e a espiritualidade, mas teve o raro dom de conseguir expô-los de forma tão clara e simples, que qualquer pessoa os pode compreender. Nasceu em 1864, em Leicester, Inglaterra, de onde partiuaos 15 anos, com toda a família, rumo aos Estados Unidos. Contudo, dois dias depois de chegarem ao novo continente, o seu pai faleceu, o que obrigou a família a reorganizar-se.A morte do pai levou James Allen a abandonar a escola e a começar a trabalhar para ajudar a sustentar a família. Apesar de trabalhar durante muitas horas, Allen continuou a estudar e a ler sobre os temas mais diversos. Entre os seus autores preferidos, incluíam-se Shakespeare, Milton, Emerson, Buda, Jesus, Whitman e Lao-Tsé. Todas as manhãs, andava pelas montanhas à volta da sua casa e aproveitava para refletir e meditar sobre os assuntos que lhe ocupavam a mente. Depois, regressava a casa e escrevia até à hora de almoço. À tarde, estava com a família, tratava da quinta, fazia jardinagem e jogava croquet com os amigos. Faleceu em 1912, mas a obra que deixou fica para a posteridade.

Ler mais