Partilhar

Desconto: 20%
9,52 € 11,90 €

Sinopse

Uma declaração de guerra ao cristianismo, uma denúncia dos seus fundamentos, uma proposta de lei, um novo calendário? O que significa realmente este livro, obra polémica por excelência? Uma forte componente desta obra é a apologia da civilização Greco-Romana, onde a vitória do cristianismo sobre o paganismo é considerada um retrocesso na história das civilizações. A ideia anticrística é tão velha quanto o próprio cristianismo. Ao analisar e criticar violentamente o cristianismo, socorrendo-se dos libelos acusatórios que a ciência ou a história lhe pudessem fornecer, Nietzsche não deixou de recuperar a velha profecia cristã em seu proveito, quando, ao intitular-se «Nietzsche-Anticristo» na assinatura da Lei Contra o Cristianismo que completa esta obra, procurou uma identificação total com o anunciado destruidor/ perseguidor do cristianismo e dos cristãos.

Ler mais

Autor

Friedrich Nietzsche

FRIEDRICH NIETZSCHE (1844-1900), filho de pastores alemães protestantes teve como guias espirituais Schopenhauer e Wagner, foi catedrático aos 24 anos e adoptará a nacionalidade suíça. Com uma vida atribulada, que terminará na loucura, cheio de encontros e desencontros (com Wagner, Lou von Salomé, etc.), Nietzsche será o mais feroz crítico da moral platónico-cristã, da metafísica tradicional que considera o ser como algo de fixo e imutável e das ciências positivas, mecanicistas e positivistas como eram no seu tempo.
Depois de ter sido considerado um filósofo pré-nazi, a partir das suas noções sobre a Vontade do Poder e o Super-Homem, Nietzsche tornar-se-á um dos filósofos da juventude em revolta no final dos anos sessenta, que a ele foi buscar o niilismo, a afirmação da individualidade, a crítica à ciência e ao progressismo.

Ler mais