Partilhar

A Genealogia da Moral

Friedrich Nietzsche

Em Stock


Desconto: 20%
9,52 € 11,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Nietzsche procura nesta obra explicar e complementar a sua obra anterior, «Para além de Bem e Mal», para uma filosofia do futuro, compondo-a de três ensaios:
O primeiro ensaio, «Bem e Mal - Bom e Mau», trata da essência e origem do Cristianismo, o qual nasce do ressentimento e do Espírito, numa recção e insurreição contra a prevalência dos valores aristocráticos.
Em «A “Falta”, a “má consciência”...», fundamenta a crueldade como inerente à própria civilização e não susceptível de ser erradicada.
Em «Qual é o fim de todo o ideal ascético?», até ao aparecimento de Zaratustra, a verdadeira potência consistia numa força maléfica que ditava os comportamentos da Humanidade.

No texto de “A Genealogia da Moral”, a fundamentação do ressentimento, a origem do ascetismo proporcionando uma vitória moral sobre aqueles a quem a sorte ou o poder favorece, justificam os valores da servidão que sobrepõem os heróicos, causa histórica da vitória de uma cultura semita sobre uma cultura romana.

Ler mais

Autor

Friedrich Nietzsche

FRIEDRICH NIETZSCHE (1844-1900), filho de pastores alemães protestantes teve como guias espirituais Schopenhauer e Wagner, foi catedrático aos 24 anos e adoptará a nacionalidade suíça. Com uma vida atribulada, que terminará na loucura, cheio de encontros e desencontros (com Wagner, Lou von Salomé, etc.), Nietzsche será o mais feroz crítico da moral platónico-cristã, da metafísica tradicional que considera o ser como algo de fixo e imutável e das ciências positivas, mecanicistas e positivistas como eram no seu tempo.
Depois de ter sido considerado um filósofo pré-nazi, a partir das suas noções sobre a Vontade do Poder e o Super-Homem, Nietzsche tornar-se-á um dos filósofos da juventude em revolta no final dos anos sessenta, que a ele foi buscar o niilismo, a afirmação da individualidade, a crítica à ciência e ao progressismo.

Ler mais