Adolfo Bioy Casares

Adolfo Bioy Casares (1914-1999) nasceu em Buenos Aires. Depois de estudar Direito, Filosofia e Letras, dedicou-se exclusivamente à literatura. Em 1932, conheceu Jorge Luis Borges, com quem iniciaria uma longa relação de amizade. Em colaboração com a sua mulher, Silvina Ocampo, e com Borges, publicou uma Antología de la Literatura Fantástica. Bom conhecedor de romances policiais, co-dirigiu durante largos anos a prestigiada colecção «El Séptimo Círculo». A sua obra destaca-se no cenário da literatura latino- americana pelas incursões no género da mais pura estirpe fantástica, ao qual adiciona, de forma absolutamente incomparável, a ironia e a ternura. Escreveu vários volumes de contos em colaboração com Jorge Luis Borges, sob os pseudónimos de H. Bustos Domecq e B. Suárez Lynch. Algumas das suas obras foram adaptadas ao cinema, à televisão e ao teatro, nomeadamente A Invenção de Morel. Em 1990, recebeu o Prémio Cervantes e o Prémio Alfonso Reyes. 


  • Filtrar por: