Partilhar

A Voz e o Fenómeno - Introdução ao Problema do Signo na fenomenologia de Husserl

Biblioteca de Filosofia Contemporânea

Jacques Derrida

Em Stock



Desconto: 20%
12,72 € 15,90 €

Sinopse

A teoria do signo desempenha um papel organizador, ainda que discreto, na fenomenologia de Husserl. Elabora-se desde a primeira das Investigações Lógicas e os seus traços permanecerão mais ou menos invariáveis. Através de uma análise minuciosa e rigorosa surgem distinções essenciais entre as formas e as funções do signo, do indício, da expressão, nos modos da sua ligação ao objeto e ao sentido, tanto no monólogo como na comunicação. Reconstituindo essa teoria da significação (Sinn e Bedeutung), que dialoga indiretamente com a de Frege, por exemplo, pode-se desvelar, sob a fidelidade descritiva, um sistema de decisões implícitas que empenha todo o desenvolvimento da fenomenologia. Marca a sua pertença a uma especulação metafísica que Husserl se propõe criticar.
Jacques Derrida parte das premissas conceptuais husserlianas para se embrenhar no labirinto do seu apurado sentido filosófico e “dar” voz ao fenómeno.

Consulte a introdução e o índice deste livro

Ler mais

Autor

Jacques Derrida

Originário de uma família judia, Jacques Derrida faz os seus estudos secundários em Louis-le-Grand, onde encontra vários intelectuais como Pierre Bourdieu, Michel Deguy ou Michel Serres. Após o seu encontro com Louis Althusser, Derrida redige a sua tese sobre ‘Le problème de la genèse dans la philosophie de Husserl’. Após se tornar grande amigo de Michel Foucault, recebe a Agregação e vai ensinar para Harvard, nos Estados Unidos. Depois de 1962 vai ensinar para a Escola Normal Superior, onde é nomeado mestre-assistente em 1964. Os seus primeiros grandes livros são publicados em 1967, nomeadamente De la grammatologie, L’ Ecriture et la différence e La Voix et le Phénomène, e reexamina as teses metafísicas, erradicando os pressupostos da palavra ou o logocentrismo da nossa filosofia clássica.

Ler mais