Partilhar

+5% em Cartão Almedina
16,50 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Num baile, Carlos Whitestone conhece uma misteriosa rapariga mascarada de dominó. O boémio inglês enamora-se. Quem seria? É Cecília Quintino, filha de um guarda-livros. Também ela se enamorou. Mas os problemas surgem. Será possível ultrapassar as diferenças sociais? E a vida estouvada de Carlos? Conseguirá ele regenerar-se e mostrar-se digno do amor de Cecília?

Importa relembrar: a obra de Júlio Dinis é admirável - prosa inovadora, intimista e delicada; personagens marcantes. Camilo disse sobre ela: «Aquilo é rebate de entroixar eu a minha papelada e desempeçar a estrada à nova geração.»

Mas interessa hoje esta história? Sim! Quem barra o amor de Cecília e Carlos? A mesquinhez, a má-língua, a intriga. É a coscuvilhice, oprimindo-os com o medo do julgamento. Esse medo e essa coscuvilhice continuam a existir: urge derrotá-los. Uma Família Inglesa é, pois, um manifesto pela liberdade. Eis a hora de o reler.

Ler mais

Autor

Júlio Dinis

"Júlio Dinis é o pseudónimo de Joaquim Guilherme Gomes Coelho, médico e escritor (Porto, 14 de novembro de 1839 – Porto, 12 de setembro de 1871). Estudo: Ana Maria Teixeira Soares Ferreira Licenciada em Ensino de Português e Inglês pela Universidade de Aveiro, é docente e adjunta da Direção do Agrupamento de Escolas de Ovar Sul. Mestre em Literatura Portuguesa pela FLUC, com uma tese sobre a poesia de Alexandre O’Neill intitulada O Humor Satírico na Poesia de Alexandre O’Neill: Entre o Exorcismo e o Desafio. Doutorada em Literatura pela UA, com uma dissertação sobre as representações da morte em Mia Couto. Desde 1992, tem lecionado Português, Literatura Portuguesa, Cultura Portuguesa e Língua Portuguesa nos ensinos básico, secundário e superior. Tem-se dedicado à formação de professores de Português, integrando a bolsa de formadores do Centro de Formação Intermunicipal de Estarreja, Murtosa e Ovar. Nos últimos anos, tem vindo a participar em várias iniciativas culturais da Câmara Municipal de Ovar, destacando-se a colaboração com o Museu Júlio Dinis – uma Casa Ovarense, com comunicações e artigos sobre Júlio Dinis. — Ilustração: Pedro Podre Nascido em 1988 é um pintor e ilustrador do Porto. Formado na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, as suas pinturas figurativas exploram narrativas sobre a infância, escapismos, identidade e ansiedades do século XXI. Apropriando-se da lógica da narrativa das ilustrações e da estética da banda desenhada e animação, o seu trabalho apresenta alegorias trágico-cómicas sobre a vida suburbana, medos e incertezas numa era de sobrecarga de informação."

Ler mais