Partilhar

+5% em Cartão Almedina
Desconto: 20%
7,60 € 9,50 €

Detalhes do Produto

Sinopse

As análises contidas neste livro explicam, de modo acessível a leitores não especialistas, como foi engendrada a crise financeira. Entregue a si próprio, depois de ter neutralizado o direito nacional e internacional que de algum modo o controlava, o capital financeiro nacional e internacional envolveu-se em aventuras financeiras que geraram lucros fabulosos para os seus protagonistas. Quando as condutas irresponsáveis (pondo em risco pensões e aforros arduamente conquistados pelos cidadãos), moralmente repugnantes (violando a confiança e a boa-fé dos depositantes) e mesmo criminosas (evasão fiscal de proporções gigantescas) finalmente deram para o torto, o capital financeiro mais uma vez capitalizou no controle que tinha assumido sobre as instituições públicas para continuar a prevalecer sobre os cidadãos. Assim, o gigantesco enriquecimento ilícito que gerou a crise continua sob a forma de resgates e recapitalizações bancárias supostamente para “resolver” a crise.

Ler mais

Autor

João Camargo

João Camargo (Lisboa, 1983) é mestre em Engenharia do Ambiente e Produção Animal (Instituto Superior de Agronomia e Faculdade de Medicina Veterinária, Universidade de Lisboa). É ativista do movimento Climáximo, investigador do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, no doutoramento em Alterações Climáticas e Políticas de Desenvolvimento Sustentável, e autor dos livros Que Se Lixe a Troika (2013) e Manual de Combate às Alterações Climáticas (2018) e coautor de Portugal em Chamas – Como resgatar as florestas (2018).

Ler mais