Partilhar

Primavera audaz e cheia de devir

Francisco Duarte Mangas

Poucos exemplares em stock



Desconto: 20%
2,40 € 3,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Falemos primeiro dos campos

seu repouso limpo

da dedaleira na orla do caminho

falaremos depois dos pássaros

que desadormecem a cantar

a primavera audaz cheia de devir

agora as palavras de tração animal

no repouso dos campos

arado a aiveca o jugo

um açafate e cabaça do vinho

já o dia se despede

perscruta o gato tenros melros

lume alado à beira da noite

Ler mais

Autor

Francisco Duarte Mangas

Ficcionista, poeta e autor de livros para a infância. No domínio da ficção, entre outras obras, escreveu Diário de Link, Jacarandá, A Rapariga dos Lábios Azuis, Pavese no Café Ceuta, A Cidade das Livrarias Mortas e O Alfarrabista de Ponta Delgada. Durante anos, trabalhou como jornalista.

É presidente da Associação dos Jornalistas e Homens de Letras do Porto e diretor da Revista Gazeta Literária. A Fome Apátrida das Aves, Transumância, As Coisas Comuns e Devocionário são alguns dos seus livros de poesia.

Ler mais