Partilhar

Desconto: 10%
20,70 € 23,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

“Montale, juntamente com Ungaretti e Quasímodo, tem sido com frequência visto como um representante da chamada poesia hermética, paisagem poética dos anos que ligam as duas grandes guerras, e que teve o seu período mais intenso nos anos 1930 e 1940 […]
A linguagem de Montale é ao mesmo tempo rigorosa e fluída, utilizando com frequência a palavra rara, com matizes fim de século, que curiosamente não tem grande expressão na poesia italiana, e que o poeta parece ter ido buscar às suas leituras da poesia francesa simbolista e pós-simbolista […]
Poeta do essencial, as suas palavras, mesmo quando parecem meros caprichos formais e se nos apresentam como “espiraladas espumas” pelo seu polimento, pela sua secura de carnes, tal como os ossos de choco atirados pela força incontida do mar ao deserto das areias, fixam-se nas cordas trepidantes da condição humana, e aí vibram, numa espécie de canto sirénico que quer atravessar os infinitos […]”

Ler mais

Autor

Eugenio Montale

Ler mais