Partilhar

+5% em Cartão Almedina
Desconto: 20%
9,60 € 12,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

No século XXI, em nome de ideias adulteradas sobre o que é o progresso, a cultura e a civilização, renovamos os nossos piores pesadelos sob uma capa benigna e estamos a impor um novo totalitarismo demencial e pseudodemocrático. Os pilares desta mundividência, principalmente da sua visão do progresso, são as políticas identitárias, o relativismo, o culturalismo e oconstrutivismo. O papel das suas elites, uma espécie de castas medíocres e poderosas, e a ideologia vitimista são outros dois alicerces desta visão do mundo.

João Maurício Brás é doutorado em Filosofia e autor dos livros A importância de Desconfiar; Da Filosofia inútil; O Pensamento Insuportável de Émile Cioran; Identidade, Valores, Modernidade – O pensamento de Onésimo Teotónio de Almeida, é ainda co-autor com Onésimo Teotónio de Almeida dos livros Utopias em Dói Menor e O negativo – A importância do conceito na cultura e na história. Na editora Opera Omnia coordenou o volume Onésimo – Único e Multímodo.

Ler mais

Autor

João Maurício Brás

João Maurício Brás nasceu em Sines. É doutorado em Filosofia e tem publicado principalmente ensaios nesta área. Algumas dessas obras são: A Importância de Desconfiar (Vega); Utopias em Dói Menor, em coautoria com Onésimo Teotónio Almeida (Gradiva); Identidade, Valores, Modernidade (Gradiva).

Ler mais