Partilhar

O Livro de Cesário Verde e Outros Poemas

Cesário Verde

Em Stock



Desconto: 20%
7,12 € 8,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

É de 1887 a publicação de um dos mais belos e importantes livros de poesia em língua portuguesa. No ano anterior, 1886, morria, aos 31 anos, o seu autor, vítima de tuberculose e da maior incompreensão e desprezo dos seus pares. Cesário Verde, o homem que viu poesia na sujidade das ruas, no corpo doente da engomadeira, na azáfama dos trabalhadores, revolucionou o cânone e impôs uma nova forma de olhar o real, de o descrever e sentir. Entre a cidade e o campo, o caos e a liberdade, o idílio e a realidade, emerge em Cesário uma nova sensibilidade, transgressora, que privilegia os sentidos e as impressões do quotidiano em detrimento de um sentimentalismo exacerbado que sentia já distante, imposição de uma consciência social preconizadora de um final de século turbulento. Chegaria tarde demais para Cesário o reconhecimento do seu génio e do seu papel determinante na história da poesia portuguesa. Mas não seria tarde demais para quem, graças ao trabalho e dedicação do seu amigo Sousa Pinto, pôde ler os inigualáveis poemas de um dos maiores poetas de língua portuguesa e compreender o alcance da modernidade e inventividade dos versos daquele a quem Fernando Pessoa chamaria «mestre». 


Ler mais

Autor

Cesário Verde

Poeta português da simplicidade, das deambulações e do concreto. Ignorado no seu tempo, os seus poemas publicados no “Diário de Noticias” não foram bem recebidos pelos seus pares. O reconhecimento do seu talento chegou muito tempo depois da sua morte. Ainda assim, foi um dos iniciadores do modernismo em Portugal.

Ler mais