Partilhar

O Futuro da Natureza Humana - A Caminho de uma Eugenia Liberal?

Coleção STVDIVM

Jürgen Habermas

Indisponível

Desconto: 20%
12,12 € 15,15 €

Detalhes do Produto

Sinopse

O livro de Habermas é um excelente contributo para a discussão gerada pelas possibilidades de selecção e modificação genéticas.
(...) Possa esta obra contribuir para o debate necessário em tempo de decisões.
A sua oportunidade vai muito para lá da conjuntura legislativa.
No fundo, a tentativa de Habermas de sublinhar a autonomia filial contra a instrumentalização "parental" pode expressar-se com a profundidade do olhar do poeta. Na verdade, Khalil Gibran disse-o notavelmente em O Profeta:
"Os Vossos filhos não são vossos filhos./ (...) Apesar de estarem convosco, não vos pertencem/ (...) Podeis esforçar-vos por ser como eles: mas não tenteis fazê-los como vós. Porque a vida não vai para trás, nem se detém com o ontem".
João Carlos Loureiro

I. O que significa moralização da natureza humana?
II. Dignidade humana versus dignidade da vida humana.
III. A inscrição da moral na ética da espécie
IV. O natural e o artificial
V. Interdição de instrumentalização, natalidade e poder de ser “eu próprio”
VI. Limites morais da energia
VII. Precursores de uma auto-instrumentalização da espécie?

Ler mais

Autor

Jürgen Habermas

JÜRGEN HABERMAS nasceu em Düsseldorf em 1929. Estudou Filosofia, História e Psicologia nas universidades de Göttingen, de Zurique e de Bona, tendo-se doutorado em Filosofia (1954) com uma tese sobre Schelling. Foi professor de Filosofia na Universidade de Heidelberg e ensinou Filosofia e Sociologia em Frankfurt. De 1971 a 1983 esteve no Instituto Max-Planck, como Diretor. Em 1983 retomou o seu cargo de professor na Universidade de Frankfurt, assumindo a cátedra de Horkheimer de Filosofia e Sociologia. Habermas é um dos maiores pensadores europeus das últimas décadas e a sua produção intelectual versa temas tão diversos como a sociologia, o discurso e a ação comunicativa, a ética do discurso, a teoria política e a crítica da razão, temas a que dedicou vários textos. Em 2012 Habermas foi distinguido com o prémio Heinrich Heine considerada a maior distinção literária atribuída na Alemanha a personalidades que, através de seu trabalho contribuam para, no espírito do pensamento de Heinrich Heine com ênfase nos direitos fundamentais do homem, o progresso social e político e a mútua compreensão dos povos.

Ler mais