Partilhar

Das Margens do Meu Rio

Luís Alvellos

Em Stock



Desconto: 10%
12,60 € 14,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Em Das Margens do Meu Rio, a poesia de Luís Alvellos contrapõe uma visão lírica do mundo à mundanidade da experiência humana, nestes poemas que se resolvem em humor, crítica e que tecem cruas análises da percepção individual comum.

Este primeiro livro de poesia de Luís Alvellos trata fundamentalmente de enganos e de desenganos. É um livro com uma visão transversal da sociedade, que na sua variedade partilha da mesma incongruência na vida quotidiana. Estes poemas mantêm sempre a mesma voz, uma voz de humor subtil perante a realidade do dia-a-dia, e de seriedade e maturidade perante aquilo que é transversal à vida. O esforço do indivíduo contra o mundo está patente nos protestos do poeta, nas variadíssimas situações de erro e de desencontro entre as pessoas, e tudo isto constrói um caminho de impossibilidade, no fim do qual está a imagem de uma mão estendida mas sem conseguir agarrar.

Das Margens do Meu Rio resulta de um fino e divertido confronto entre o lirismo de certas paisagens e a realidade prosaica do dia-a-dia. Ao longo de poemas que descrevem sensações de instantes e que analisam a vida humana nas suas várias vertentes, entre cães ruivos, banqueiros e lampreias de olhos verdes, Luís Alvellos explora com muita técnica a tensão entre o absurdo e o concreto, que subjaz à consciência do indivíduo.

Duarte Bénard da Costa, 

Doutorando em Literatura na Universidade de Cambridge "


Ler mais

Autor

Luís Alvellos

Nasceu em 1940. Engenheiro civil pelo Instituto Superior Técnico, teve atividade de gestão empresarial depois de curta passagem pelo sector público. Liberto de tão penosos trabalhos, deu-se por leituras e começou a escrever, aproveitando longas noites de insónia; deu-se por museus e galerias, e começou a desenhar e a pintar.

Ler mais