Partilhar

A Sociedade Contra o Estado

Pierre Clastres

5 dias

Desconto: 10%
14,39 € 16,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

A Sociedade Contra o Estado (1974), obra maior do antropólogo e etnólogo francês Pierre Clastres, reúne artigos escritos no seio de uma intensa convivência com tribos índias sul-americanas, entre 1962 e 1974. Nestes estudos que inspiraram libertários de todo o mundo, tecem-se duras críticas ao etnocentrismo do Ocidente, desfazendo-se o mito de que a história tem um sentido único e de que qualquer sociedade está condenada a percorrer as etapas que vão da selvajaria à civilização.

As povoações tropicais que Pierre Clastres observa não são apenas sociedades sem Estado, mas sociedades «contra o Estado»: nelas tudo se organiza de modo a impedir o nascimento de uma entidade exterior à comunidade; nelas se escarnece de quem deseja mandar e fazer obedecer; nelas não se dá ao chefe qualquer autoridade, mas somente um dever – o de usar a palavra para manter a paz. Depois d’A Sociedade Contra o Estado, o Índio não é afinal um povo sem fé, sem rei, sem lei. É uma utopia concretizada: a vida sem coerção, nem classes sociais, nem mestres, nem servos.

Monumento incontornável do pensamento anarquista, a obra mais famosa de Pierre Clastres é uma brilhante redefinição da natureza do poder e um dos grandes textos da antropologia política.

Ler mais

Autor

Pierre Clastres

Pierre Clastres (1934-1977), antropólogo e etnólogo francês, filósofo de formação, investigador do CNRF, em Paris, deixou um impacto profundo na antropologia e no pensamento político contemporâneos antes de morrer prematuramente, aos 43 anos, num acidente de viação. Nas suas incontáveis expedições à América do Sul, onde partilhou dias e noites com os índios guaiaquis e tupis-guaranis, entre outros, medrou uma atitude libertária que transportou para a sua vida e as suas reflexões, e o levou a afastar-se do meio académico tradicional. Numa obra extensa e dispersa em que perpassam os seus ideais de inspiração anarquista e a influência do grupo Socialismo ou Barbárie (de Cornelius Castoriadis e Claude Lefort), Pierre Clastres dá pistas e razões para construir uma sociedade fora da dependência do Estado, livre da sua opressão, longe das divisões sociais e relações de exploração que ele cria.

Ler mais