Partilhar

Ph.11 José Luís Neto

José Luís Neto, Jorge Calado

Em Stock



Desconto: 20%
19,20 € 24,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Ph.11 José Luís Neto conta com um ensaio de Jorge Calado e diversos inéditos. Um livro retrospetivo com obras desde 1986 (“o fio”) até outras recentes e inéditas de 2023, como “Mask Open”. “Este livro revela-o como um extraordinário compositor de luz” como escreve Jorge Calado no ensaio introdutório, salientando que “José Luís Neto criou um novo tipo de fotografia”.


Ler mais

Autor(es)

José Luís Neto

José Luís Neto nasceu em Sátão em 1966. Vive e trabalha em Lisboa. Estudou fotografia no ARCO e no Royal College of Arts em Londres, com uma bolsa da Fundação Calouste Gulbenkian. Leciona na Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa e no IADE/Universidade Europeia. Colabora com o Arquivo Fotográfico Municipal de Lisboa e é representado pela Galeria Miguel Nabinho. Tem recebido vários prémios e distinções, entre eles o BES Photo 2005 e está representado em diversas coleções de arte nacionais e internacionais, tais como: Fundação Calouste Gulbenkian, Fundação de Serralves, Centro Português de Fotografia, Colecção Berardo, Fundação PLMJ, CAV — Centro de Artes Visuais, Coimbra, Encontros da Imagem de Braga, FLAD — Fundação Luso Americana para o Desenvolvimento, Fundació Foto Colectania (Barcelona), Museu Folkwang, (Essen), entre outras. Foi um dos 13 fotógrafos apresentados na série da RTP «Entre Imagens».  

Ler mais

Jorge Calado

Jorge Calado tem desenvolvido carreiras paralelas nas ciências e nas artes. Licenciou-se em engenharia química pelo Instituto Superior Técnico (IST), e doutorou-se em química pela Universidade de Oxford. Professor catedrático (emérito) de química-física no Instituto Superior Técnico, foi também professor catedrático-adjunto de engenharia química na Universidade de Cornell, NY. Publicou mais de 170 artigos em revistas internacionais sobre termodinâmica de líquidos moleculares e energética das apatites e gerou mais de 130 doutoramentos diretos e indiretos. Foi o primeiro químico a receber o Prémio Ferreira da Silva, o mais alto galardão da Sociedade Portuguesa de Química. Membro de várias comissões científicas internacionais (no âmbito da IUPAC, Conselho da Europa, OTAN, INTAS e UE), foi também membro da Junta de Diretores e diretor executivo da Comissão Cultural Luso-Americana. É sócio efetivo da Academia de Ciências de Lisboa desde 1988. Muito interessado nas relações entre as ciências e as artes, regeu cursos como "A Arte da Ciência" e "Arte, Ciência, Técnica e Sociedade" em Cornell e no IST. Autor do capítulo sobre Ciência na história da "Fundação Calouste Gulbenkian: Cinquenta Anos 1956-2006". É crítico cultural do semanário "Expresso" desde 1986, e contribuiu para o "Times Literary Supplement" (história e filosofia da ciência), "Opera News", "Opera Now" e "Agenda XXI". Concebeu e dirigiu os primeiros cursos de pós-graduação em Administração das Artes em Portugal (no Instituto Nacional de Administração), e fundou a IST Press. Em 1987, a pedido da Secretaria de Estado da Cultura, criou a Coleção Nacional de Fotografia. Comissariou mais de 25 exposições de fotografia em Portugal, França, Bélgica, Reino Unido e EUA. O seu livro mais recente é Limites da Ciência, publicado pela FMS em 2014.

Ler mais