Partilhar

O Hipopótamo de Deus e Outros Textos

José Tolentino Mendonça

5 dias

Desconto: 10%
9,00 € 10,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Neste livro reúnem-se textos de José Tolentino Mendonça que exploram a relação entre cristianismoe cultura, dos tempos bíblicos até aos mais recentes acontecimentos na sociedade portuguesa.
Um livro notável para se ler de um fôlego, nestes tempos conturbados em que a sociedade vive a umritmo alucinante, quase sempre sem disponibilidade para olhar além do seu lado materialista.
«Um dos passos mais intrigantes da Bíblia tem a ver com um hipopótamo. E não é propriamenteum divertimento teológico, pois surge numa obra que explora muito seriamente os limites daresponsabilidade humana perante a experiência devastadora do Mal. Falo do Livro de Job, claro. Oque primeiro nos surge ali é o protesto de Job contra o Mal que se abate inexplicavelmente sobre asua história, protesto que se estende até Deus, já que, afinal, Ele não isenta os justos das tribulações.
Mas depois vem o momento em que Deus se propõe interrogá-lo. E nesse diálogo assombroso, desenvolve-se um raciocínio que não pode ser mais desconcertante. Job só consegue pensar nas suasaflições, nas razões e desrazões comas quais, inutilmente, esgrime.Deus, porém, desafia-o a olhar defrente para… um hipopótamo. “Vê o hipopótamo que criei como a ti… Ele levanta a sua caudacomo um cedro; os tendões das suas coxas estão entrelaçados. Os seus ossos são como tubos debronze, a sua estrutura é semelhante a pranchas de ferro. É a obra-prima de Deus…, ninguém seatreve a provocá-lo.”[…]»

Ler mais

Autor

José Tolentino Mendonça

José Tolentino Mendonça é poeta, sacerdote e professor. Nasceu na ilha da Madeira. Estudou Ciências Bíblicas em Roma e vive no Vaticano desde 2018, onde é responsável pela Biblioteca Apostólica e pelo Arquivo Secreto do Vaticano. Em 2019, foi elevado a Cardeal pelo Papa Francisco. Tem publicado a sua poesia na Assírio & Alvim e, desde 2017, a sua obra ensaística na Quetzal. Para José Tolentino Mendonça, «a poesia é a arte de resistir ao seu tempo». Os seus livros têm sido distinguidos com vários prémios, entre eles o Prémio Cidade de Lisboa de Poesia (1998), o Prémio Pen Club de Ensaio (2005), o italiano Res Magnae, para obras ensaísticas (2015), o Grande Prémio de Poesia Teixeira de Pascoaes APE (2016), o Grande Prémio APE de Crónica (2016) e, mais recentemente, o prestigiado Prémio Capri-San Michele (2017).

Ler mais