Partilhar

O Deus das Moscas - Livros RTP Nº 12

William Golding

2 dias

Desconto: 10%
9,00 € 10,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Um avião despenha-se numa ilha deserta, e os únicos sobreviventes são um grupo de rapazes. Inicialmente, desfrutando da liberdade total e festejando a ausência de adultos, unem forças, cooperando na procura de alimentos, na construção de abrigos e na manutenção de sinais de fogo. A supervisioná-los está Ralph, um jovem ponderado, e o seu amigo gorducho e esperto, Piggy. Apesar de Ralph tentar impor a ordem e delegar responsabilidades, muitos dos rapazes preferem celebrar a ausência de adultos nadando, brincando ou caçando a grande população de porcos selvagens que habita a ilha. O mais feroz adversário de Ralph é Jack, o líder dos caçadores, que consegue arrastar consigo a maioria dos rapazes. No entanto, à medida que o tempo passa, o frágil sentido de ordem desmorona-se. Os seus medos alcançam um significado sinistro e primitivo, até Ralph descobrir que ele e Piggy se tornaram nos alvos de caça dos restantes rapazes, embriagados pela sensação aparente de poder.
Quando, ainda em bonança, os miúdos usam um búzio para se porem «à escuta dos sons da ilha», lembra-mo-nos da Tempestade, «the isle is full of noises»; mas estes sons não vêm da ilha, não são «ruídos e canções suaves, que encantam e não fazem nenhum mal»: são os sons da fragilidade humana.

Pedro Mexia in «Prefácio»

 

Ler mais

Autor

William Golding

William Gerald Golding (1911-1993) nasceu em Cornwall em na Inglaterra. Em 1935, após publicar uma pequena colecção de poemas, gradua-se em literatura inglesa em Oxford. Trabalhou como escritor, actor e produtor em pequenas companhias de teatro até se tornar professor em Salisbury. Em 1940, entra para a Marinha inglesa e durante a II Guerra Mundial, participa da perseguição e afundamento do navio alemão Bismarck e também do desembarque das tropas aliadas na Normandia. Sobre esta experiência disse “Qualquer pessoa que tenha passado por esses acontecimentos terríveis sem entender que o homem produz o mal como a abelha produz o mel estava cega ou louca”. O seu primeiro romance foi “O Senhor das Moscas” (1954) seguido de “Os Herdeiros” (1955) e “Queda Livre” (1959). Em 1980 recebe o Booker Prize Inglês pelo seu livro “Ritos de Passagem”. Foi agraciado com o Prémio Nobel da Literatura em 1983 pelo reconhecimento pela sua obra. Cinco anos mais tarde, recebe o título de cavaleiro do Império Britânico. Morreu em 1993, deixando um romance inacabado, “The Double Tongue” (A Língua Dupla).

Ler mais