Partilhar

Desconto: 10%
13,50 € 15,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Uma trama enquadrada nos problemas comuns da classe média a tentar superar dificuldades. Estão patentes desafios de projetos construtivos, sustentabilidade e abertura de cooperação entre entidades autárquicas, de saúde comunitária e educação escolar, num zoom do interior alentejano. A narrativa é atravessada pelo enigma do desaparecimento de uma orfeonista numa digressão a países da América do Sul, regressada anos depois, graças ao seu filho ter vindo estudar Ciências Farmacêuticas para Lisboa e apostar continuar em Portugal. É notado o esforço de adaptação de Flor ao trabalho e retoma da fonética e expressão linguística, após anos de uma vida tão longe e diferente. A dada altura, desvendar o mistério de sua mãe torna-se o objetivo de Alberto que procura ajuda através de Rodrigo, antigo orfeonista que viveu o drama e agora o revive com todas as memórias e desmemórias…


Ler mais

Autor

Maria Fernanda Bahia

Natural de Chaves, estudou em Vila Real, Coimbra e Porto. Aposentada desde 2009 como Professora Catedrática no Departamento de Ciências do Medicamento, Laboratório de Tecnologia Farmacêutica da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto, prestando colaboração até 2018.

Tem dedicação à pintura, poesia e escrita de ficção.

Em 2012, fez uma exposição individual, “Telas e Dizeres”, em Chaves. Em 2014 participou na exposição coletiva “Encant´Arte” no Vivacidade-Espaço Criativo, no Porto. Alguns dos seus trabalhos foram mostras em duas exposições coletivas ”Farmacêuticos com Expressão Artística”, em 2014 e em 2016, na Secção Regional do Norte da Ordem dos Farmacêuticos - Porto. 

Em 2015, de sua autoria, edita um livro de poesia e pintura “Momentos Gravados”. Nesse mesmo ano, é iniciada em Escrita Criativa, no Instituto Cultural D. António Ferreira Gomes, tendo como Orientadora a Dra. Margarida Matos. Em 2016 seguiu a atividade cultural de Comunicação e Escrita sob a Orientação da Professora Alexandra Pinto. Em 2020, publicou o romance “Lápis-Lazúli e Diamela”, pela Editorial Novembro.

Faz parte do Conselho Editorial da Revista anual “A Fonte” do Instituto Cultural D. António Ferreira Gomes, do qual é também um dos elementos da Direção.


Ler mais