Partilhar

História de Dois Patifes e Outras Prosas

Clássicos Guerra & Paz

Fialho de Almeida

Envio em 10 dias



+5% em Cartão Almedina
14,50 €

Detalhes do Produto

Sinopse

VIRULENTO, MALDITO, BOÉMIO, ESTÁ NESTAS PÁGINAS O MELHOR QUE FIALHO DE ALMEIDA ESCREVEU.

Do divertido conto que dá nome à antologia, a história de dois gatos rebeldes e malcomportados, até ao de¬lírio fantástico de «O sineiro de Santa Ágata», passando por histórias tocantes e profundamente humanas, como «Sem¬pre amigos» ou «O filho», ou a descrição assombrosa da ceifa alentejana.

Ler mais

Autor

Fialho de Almeida

José Valentim Fialho de Almeida nasceu em Vila de Frades, no Alentejo, a 7 de Maio de 1857 e morreu na vila de Cuba a 4 de Março de 1911. Filho de um professor primário, que lhe ensinou os primeiros rudimentos, Fialho partiu em 1866 para Lisboa, onde concluiu os estudos elementares no Colégio Europeu. Acabaria por formar-se em Medicina, profissão que logo abandonou, para se consagrar exclusivamente à literatura.

Em 1881, publicou o primeiro livro, Contos, que dedicou a Camilo Castelo Branco e, um ano mais tarde, A Cidade do Vício, considerada como a sua melhor obra de ficção. Colaborou em inúmeros jornais e revistas de Portugal e do Brasil, tendo-se distinguido como mordaz crítico de arte e de costumes e, sobretudo, como contista, que enriqueceu a literatura portuguesa com algumas das suas páginas mais expressivas.

Em 1893, casa-se com uma abastada proprietária do Alentejo, ainda sua parente, mas enviuvou onze meses depois, vivendo os últimos anos da sua vida com o desafogo material que sempre lhe faltara.

Ler mais