Partilhar

Fundos de Investimento Mobiliário e Imobiliário

Monografias

Alexandre Brandão da Veiga

Disponibilidade Imediata

Desconto: 64%
10,00 € 27,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Tipicidade das entidades gestoras - Princípio mitigado da separação de gestão - Tipicidade de natureza dos fundos - Tipicidade de composição - Conservação da natureza dos fundos - Divisão de riscos - Conflitos de interesses - Transparência - Fontes do regime dos fundos - O regulamento de gestão - Vicissitudes do regulamento - Cláusulas contratuais gerais e contratação individualizada - Garantia do regulamento de gestão - As entidades gestoras - Sociedades gestoras - Outras entidades gestoras - Os depositários - Regime comum às entidades gestoras e depositários - As entidades de guarda dos valores - As entidades colocadoras - Os consultores - Os terceiros prestadores de serviço - Os participantes - As entidades de supervisão - Os fundos - As unidades de participação - A dimensão operacional - A dimensão externa - Tipos de fundos - Fundos abertos e fundos fechados - Conexão com o estrangeiro - Fundos e estruturas de investimento colectivo - Fundos de garantia - Fundos de pensões - Planos de poupança em acções com a forma de fundo de pensões - Fundos de investimento de capital de risco.

Ler mais

Autor

Alexandre Brandão da Veiga

Licenciado pela Faculdade de Direito da Universidade Clássica de Lisboa em 1987. Advogado com inscrição definitiva desde 1990. Jurista do Instituto do Consumidor de 1991 a 1993. Jurista da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários desde 1993 Perito em processos crime sobre crimes do mercado Assessor técnico (6490 Cd. Proc. Civil) do Tribunal Cível do Porto entre Março e Maio de 2000. Formação profissional em Portugal, Itália, Estados Unidos e Inglaterra Aulas e acções de formação dadas no Instituto do Consumidor, na FDL, no Instituto de Formação Bancária Trabalhos: 1. Scientflc Summary of The III European Conference on Consumer Access to Justice (Resumo científico da III Conferência Europeia de Defesa do Consumidor), Instituto Nacional de Defesa do Consumidor, Lisboa, 1992; 2. A prescrição do processo de contra-ordenação, in: Revista da CMVM, nº 1, 1998; 3. Operações de bolsa, vol. 1, em publicação; 4. Fundos de Investimento Mobiliário e Imobiliário, Almedina, Coimbra, 1999; 5. A redenominação como vicissitude de valores mobiliários, in: Revista da CMVM, n.º 4, Maio 1999; 6. O novo quadro legislativo em Itália, in: Revista da CMVM, n.º 4, Maio 1999; 7. Recensão a VANTHOOR, Win F. V.; European Monetary Union Since 1848, Edward Elgar, Cheltenham, 11K, 1996 , in: Revista da CMVM, n.º 4, Maio 1999; 8. As Fases de Negociação e de Liquidação e Compensação de Operações de Bolsa a Contado; In: Direito dos Valores Mobiliários, Vol. 1, Coimbra Editora, Coimbra, 1999; 9. Recensão a MANN, F.A.; The Legal Aspect ofMoney, Clarendon Press, Oxford, Sth ed., 1992, in: Cadernos do Mercado de Valores Mobiliários, n.º 6, Setembro/Dezembro de 1999; 10. Comentário ao Acórdão da Relação de Lisboa de 2 de Novembro de 1999 (crime de manipulação) in: Cadernos do Mercado de Valores Mobiliários, n.º 6, Setembro/Dezembro de 1999; 11. Sistemas de Controlo de Valores no Novo Código dos Valores Mobiliários, em publicação; 12. A Construção dos Tipos Contra-ordenacionais no Novo Código dos Valores Mobiliários, em publicação;

Ler mais