Partilhar

Fotografia e Cinema Moderno: os cineastas amadores do Pós-Guerra

Luís Mendonça

Em Stock



+5% em Cartão Almedina
16,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Na transição da fotografia para o cinema, um grupo de nova-iorquinos operou uma revolução silenciosa no coração da linguagem do cinema. Sustenta-se nestas páginas a ideia de que não podemos pensar o cinema moderno ignorando a especificidade estética e as circunstâncias sociais e políticas da fotografia de rua nova-iorquina do pós-guerra. Por trás de Jean-Luc Godard, François Truffaut, Jean Rouch, Jonas Mekas ou John Cassavetes existe uma história clandestina de fotógrafos que se aventuraram no cinema e aí convocaram a liberdade da fotografia. Produziram, com isso, antes de toda a gente, um verdadeiro “cinema de rua” saído do contexto do pós-guerra e que, nalguns casos, realizou de facto alguns dos preceitos realistas de André Bazin e Siegfried Kracauer.
Entre um cinema ainda feito sob o signo da Hollywood clássica, o impacto do neo-realismo italiano, a Nouvelle Vague, o cinema directo e o New American Cinema, os outsiders e “amadores” Morris Engel, Ruth Orkin, Helen Levitt, James Agee, Lionel Rogosin, Weegee e Rudy Burckhardt encontraram nas ruas as coordenadas de um cinema livre que pensa em fotografias. É a partir deste “lugar sinóptico” que se propõe a modernidade cinematográfica como (est)ética fotográfica. Este livro guarda ainda uma inesperada dedicatória a um homem de todos os tempos que mais do que ter sido do cinema se confundiu (ainda se confunde) com o cinema ele mesmo: Charles Spencer Chaplin

Ler mais

Autor

Luís Mendonça

Luís Mendonça, nascido em Lisboa em 1986, licenciou-se em Comunicação Social (curso pré-Bolonha) pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa. Realizou o mestrado em Ciências da Comunicação pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (NOVA FCSH), na especialidade de Cinema e Televisão, tendo como orientador o Professor João Mário Grilo. E doutorou-se na mesma área e pela mesma faculdade sob orientação da Professora Margarida Medeiros e com bolsa da Fundação para a Ciência e Tecnologia. Em 2017, publicou "Fotografia e Cinema Moderno: Os Cineastas Amadores do Pós-Guerra" (Edições Colibri), obra baseada na sua investigação doutoral. Em 2019, publicou "História da Fotografia" (Edições Colibri). Em 2023, publicou "Majestosa Imobilidade" (Edições 70). Atualmente, leciona a unidade curricular "O Ensaio Audiovisual – Teoria e Prática" na Pós-graduação de Estudos Visuais: Fotografia e (Pós) Cinema da NOVA FCSH e a disciplina de História da Fotografia do Curso Profissional do Instituto Português de Fotografia. Deu aulas no âmbito de Cursos Livres concebidos por si em colaboração com colegas da área do cinema e da fotografia. Escreveu vários artigos e participou em inúmeros colóquios sobre cinema, fotografia e filosofia da imagem. Organizou ciclos de cinema e debates. Realizou vídeos, ensaios audiovisuais e a curta-metragem "Lugar /Vazio" (2010), filme mostrado no festival Panorama e exibido na Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema. Foi um dos fundadores e é coeditor do website de reflexão e comunhão cinéfila "À pala de Walsh".

Ler mais