Partilhar

Ernesto o Elefante

Anthony Browne

Em Stock


Desconto: 10%
13,50 € 15,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Ernesto perde-se na selva e nenhum dos seus habitantes parece disposto a ajudá-lo a voltar para a sua manada de elefantes. Nem o mais forte, o mais feroz ou o mais veloz dos animais faz o mínimo esforço, a não ser ouvi-lo com desdém. Será porém o mais pequeno de todos eles a surpreendê-lo, demonstrando que, de facto, as aparências podem enganar, pois aquele que parecia o mais débil e insignificante, pode transformar-se no mais valente e generoso, e sem pedir nada em troca. 


Ler mais

Autor

Anthony Browne

Anthony Browne (Sheffield, Inglaterra, 1946) granjeou a sua formação artística no Leeds College of Art e especializou-se em design gráfico. O seu afã perfeccionista pela representação da figura humana adveio da influência despertada por um dos seus primeiros trabalhos, como desenhista de temas médicos num hospital de Manchester. A dedicação à ilustração infantil corresponde, porém, a uma etapa posterior, enquanto desenhista de cartões de felicitações. Fruto do seu grande interesse pelos pintores surrealistas e cenas oníricas, logrou um estilo marcado e facilmente reconhecível pela introdução de elementos estranhos nas suas ilustrações. Entre os galardões que recebeu ao longo da sua trajetória figuram a Medalha Kate Greenaway e o Prémio Kurt Maschler, com destaque, em 2000, para o Prémio Hans Christian Andersen pelo conjunto da sua obra, uma distinção que, desde 1956, não era concedida a nenhum britânico. É um dos autores ingleses de maior prestígio pela sua contribuição para o desenvolvimento de novas formas de leitura, visão e relacionamento com a linguagem plástica. Assim o demonstram títulos como «O livro dos Porquinhos», «As preocupações do Billy», «Como te sentes?», «Um passeio pelo parque» e «Pela floresta», todos publicados pela KALANDRAKA. A crítica especializada enaltece o facto de ter concebido um universo pleno de referências culturais e artísticas, pistas visuais e chaves que valorizam a inteligência do leitor – independentemente da sua idade – para complementar e interpretar o texto.

Ler mais