Partilhar

+5% em Cartão Almedina
Desconto: 20%
8,41 € 10,50 €

Detalhes do Produto

Sinopse

O facto de um de nós, um civil, querer, nos tempos que correm,ler um manual de guerra escrito há mais de dois mil anos diz, claramente, qualquer coisa sobre o fascínio duradouro desta obra.
Dito isto, o que pode, em concreto, o leitor hodierno extrair de A Arte da Guerra?
Sun Tzu, o autor de A Arte da Guerra, sublinha reiteradamente que os generais, ou os líderes sagazes, não podem depender apenas do seu conhecimento do terreno e das capacidades do adversário, tendo, também de se conhecer a si mesmos.
Para se tornarem invencíveis, tais generais tinham, primeiro, de cultivar um entendimento profundo, e um controlo absoluto, das suas próprias reacções, de modo a manterem a sua integridade, tanto face à aclamação, como face à censura.
A vitória, diz-nos Sun Tzu, é alcançada por aqueles que desenvolvem uma ética de constante refinamento e melhoramento.
A Arte da Guerra fornece-nos toda uma filosofia de acção que se aplica à vida tanto quanto se aplica à batalha.

Ler mais

Autor

Sun Tzu

Chinês, também conhecido por Sun Zi ou Sun Wu, pensa-se que viveu no século VI/V a.C. Terá sido conselheiro militar ou general de Ho Lu, Rei de Wu, para quem escreveu A Arte da Guerra. Neste clássico da estratégia, um dos mais antigos da história da humanidade, Sun Tzu expõe princípios diametralmente opostos aos de Clausewitz, entre os quais sobressaem a contenção do uso da força e o recurso a uma estratégia progressiva e indirecta na abordagem dos conflitos. Segundo Sun Tzu, o objectivo final é sempre a vitória, mas o auge da excelência é vencer sem combater.

Ler mais