Ernest Gellner

Ernest Gellner (1925-1995) foi professor de Antropologia Social e de Filosofia. Judeu checo nascido em França, e, mais tarde, naturalizado britânico, foi um teórico importante tanto na área da Ciência Política como da História e da Antropologia social. Gellner lutou toda a sua vida, quer através dos seus escritos, quer através do seu trabalho e do seu ativismo político contra os sistemas fechados de pensamento, particularmente o comunismo, a psicanálise, o relativismo e a ditadura. Entre outras questões do pensamento social, a teoria da modernização e o nacionalismo foram dois dos temas centrais da sua vida de investigação, tendo trabalhado o tema no contexto de três civilizações distintas: ocidental, islâmica e russa. É autor, entre outras obras, de Razão e Cultura, Pós-Modernismo, Razão e Religião, bem como de Linguagem e Solidão – Uma Interpretação do Pensamento de Wittgenstein e Malinowski, também publicado por Edições 70.


  • Filtrar por: