Partilhar

Desconto: 10%
22,71 € 25,23 €

Detalhes do Produto

Sinopse

«Ao escrever esta colecção tenho tido a preocupação que induzam a uma construção mais racional, sem desperdícios e também que os edifícios tenham um bom desempenho energético e uma reduzida degradação com o passar dos anos.

Neste livro abordei a construção com estrutura metálica antes de ter escrito sobre as estruturas de betão essencialmente porque a estrutura metálica é reciclável no fim da vida útil do edifício e ainda porque é uma forma de construção que gera poucos desperdícios em obra.

Como uma construção de edifícios mais ecológicos passa pelo conhecimento dos materiais neste livro abordo o fabrico de três materiais muito ecológicos em contraponto com um material cujo fabrico envolve um importante consumo de energia.

O aglomerado negro de cortiça que considero como o melhor material de construção do mundo, de que Portugal é o líder mundial na produção, para além de se tratar de um material totalmente ecológico (sem qualquer produto químico estranho), é totalmente reciclável e até o seu fabrico gera combustível para outras indústrias.

O gesso também é outro material totalmente reciclável cujo fabrico ou reconversão envolve gastos pequenos de energia limitando-se a libertar vapor de água.

A cal aérea ainda que o seu fabrico envolva um gasto de energia com significado, trata-se de um material que quando aplicado num edifício ao longo da sua vida vai procurar fixar o dióxido de carbono existente na atmosfera, para além de outras propriedades ecológicas conhecidas como eliminar os cheiros nas centrais de tratamento de esgotos ou pêra ajudar na descontaminação nuclear.

O cimento ainda que seja um material amplamente utilizado na construção a sua produção envolve um elevado consumo de energia tanto na cozedura como na moagem do clínquer.»

Introdução

- Estruturas de Aço Laminado e Conformado a Frio

- Materiais Básicos: Gesso, Cal Aérea, Cimento, Aglomerado negro de Cortiça.

Ler mais

Autor

Jorge Mascarenhas

Jorge Morarji dos Remédios Dias Mascarenhas nasceu em Angola em 1960. Desde o antigo quinto ano do liceu até ao final da licenciatura foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian. Licenciou-se em Arquitetura pela Faculdade de Arquitetura de Lisboa, Universidade Técnica de Lisboa, em 1984. No final do curso realizou o estágio na Finlândia, onde contactou com formas de construção muito exigentes devido ao clima rigoroso. Em 1996, doutorou-se pelo Departamento de Engenharia Civil da Universidade de Glamorgan (Reino Unido). Obteve a equivalência ao Doutoramento em Portugal em 1998 pela Universidade do Porto. Em 1998 foi Coordenador da Área de Construção da Licenciatura em Engenharia Civil do Instituto Politécnico de Tomar. De 1996 a 1999 foi Coordenador da Área de Construção da Licenciatura de Arquitetura da A.R.C.A/E.T.A.C. de Coimbra.

Desde 1999 é Professor Coordenador da Área Intradepartamental de Desenho do Instituto Politécnico de Tomar. É Membro da Comissão Coordenadora do Mestrado em Reabilitação Urbana da Escola Superior de Tecnologia de Tomar e Membro do Centro de Investigação em Ciências da Construção (CICC) da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra. É também consultor de vários projetos de investigação. Em diversas instituições de Ensino Superior já lecionou e coordenou disciplinas de Desenho, Desenho Técnico, Desenho

Assistido por Computador ou Geometria Descritiva aos seguintes cursos:

Arquitetura - Design Industrial - Artes Plásticas/Pintura - Fotografia - Engenharia Mecânica - Engenharia Eletrotécnica - Engenharia Informática - Engenharia Química - Engenharia Civil - Engenharia do Ambiente - Arte e Restauro - Gestão do Território.

Publicou milhares de desenhos ao serviço do ensino, especialmente da Arquitetura, da Engenharia e da Construção Civil.

Ler mais