Partilhar

Que Está em Jogo? - O Futuro do Mundo Global

Extra Coleção

Mikhail Gorbatchov

Em Stock



Desconto: 20%
12,72 € 15,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Trinta anos após o fim da Guerra Fria, a paz mundial está novamente em risco. Os Estados Unidos retiraram-se do tratado de desarmamento com a Rússia, a Europa está a desintegrar-se, a China está a ganhar a dianteira e uma onda de nacionalismo e populismo está a desestabilizar as instituições políticas convencionais e a ameaçar as liberdades tão arduamente conquistadas.
Com base neste perigoso e imprevisível estado de coisas, Mikhail Gorbatchov, o último grande estadista da revolução de 1989, escreveu este pequeno livro para nos alertar para os graves riscos que corremos e para nos exortar a todos, líderes políticos e cidadãos, a tomar medidas para os enfrentar. O autor centra-se nos grandes desafios do nosso tempo, tais como a renovação da corrida aos armamentos e os riscos crescentes de uma guerra nuclear, a nova tensão entre a Rússia e o Ocidente, a crise ambiental global, o aumento do populismo e o declínio da democracia. Argumenta que as políticas ao serviço de ambições pessoais e a política tacanha que visa a prossecução de interesses nacionais estão a tomar o lugar dos princípios políticos e a ofuscar a visão de um mundo livre e justo para todos os povos. Oferece a sua visão sobre o rumo da Rússia e exorta os líderes políticos do Ocidente a reconhecerem que o restabelecimento da confiança entre a Rússia e o Ocidente requer a coragem de uma verdadeira liderança e um compromisso de diálogo e compreensão genuínos de ambos os lados.
Este relato sucinto dos imensos desafios que agora enfrentamos, escrito por um dos maiores estadistas da História, não pode deixar de interessar todos aqueles que se preocupam com o mundo em que vivemos e com o mundo que vamos deixar às futuras gerações.

Ler mais

Amostra

Autor

Mikhail Gorbatchov

Mikhail Gorbatchov foi o último líder da União Soviética, tendo servido como secretário-geral do Partido Comunista de 1985 a 1991 e presidente da URSS de 1990 a 1991. O fim da Guerra Fria ficou a dever-se em grande medida à sua intervenção, mérito que lhe foi reconhecido com a atribuição do Prémio Nobel da Paz em 1990. Desde então, tem mantido um papel ativo no palco da política mundial através da Fundação Gorbatchov, uma organização sem fins lucrativos que promove a democracia e as iniciativas humanitárias a nível global.


Ler mais