Partilhar

+5% em Cartão Almedina
Desconto: 20%
4,00 € 5,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Partindo das paisagens rurais portuguesas da transição entre o século XIX e XX descrevem-se as suas alterações ao longo do século XX, acompanhando a passagem das economias orgânicas fechadas para as economias abertas que caracterizam a agricultura comercial. 

Ler mais

Autor

Henrique Pereira dos Santos

Henrique Pereira dos Santos (Huambo, 1960). Licenciou-se em Arquitetura Paisagista em 1983, em Évora. Com uma carreira profissional essencialmente ligada ao ordenamento e gestão em áreas de conservação da natureza, trabalhou no Parque Natural de Montezinho, no Parque Nacional da Peneda-Gerês e no Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros e nos serviços centrais do Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade. Coordenou vários planos de ordenamento e gestão de algumas das áreas protegidas em Portugal, bem como a instalação do Parque Natural do Douro Internacional, trabalhou na avaliação de impacte ambiental, na visitação e turismo associado a áreas protegidas e na comunicação associada à gestão de áreas protegidas e da biodiversidade. Esteve envolvido na coordenação do Plano Sectorial da Rede Natura 2000, bem como na preparação do novo regime jurídico da conservação e foi responsável operacional pela iniciativa Business and Biodiversity em Portugal. Foi dirigente do Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade vários anos, tendo ocupado o cargo de Vice-Presidente. Durante dez anos trabalho como consultor independente na área da gestão da biodiversidade, tendo nessa altura feito um doutoramento sobre a evolução da paisagem rural portuguesa ao longo do século XX. Publicou os livros “Do tempo e da paisagem”, “O gosto de Sicó” e “Portugal: Paisagem Rural”.

Ler mais