Partilhar

Onde Há Crise, Há Esperança

Vasco Pinto de Magalhães

Indisponível


Desconto: 20%
12,00 € 15,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Sugiro ao leitor que leia este livro de mangas arregaçadas, mas também - e esta conjugação é que é difícil - com a humildade de quem se senta nos bancos da escola e se dispõe a aprender tudo como se fosse a primeira vez. Porque o padre Vasco questiona o básico, começando pelos significados de palavras que sempre usámos, tais como "alegria", "respeito", "felicidade" … Vai ao grego ou ao latim e volta à vida. "Alegria vem de uma palavra latina `alacre´ que significa estar vivo, animado." "Respeito é uma palavra bonita que significa `olhar de frente´". Ensina-nos a fazermos distinções: "apetecer" não é o mesmo que "querer"; nem "gostar de si" é o mesmo que "sentir-se bem". Na escola elementar que o autor propõe devia até "haver ensino prático de poder de encaixe."!

Nuno Tovar de Lemos, s.j.

Ler mais

Autor

Vasco Pinto de Magalhães

Vasco Pinto de Magalhães nasceu em Lisboa, em 1941. Aluno de engenharia no IST e destacado jogador de rugby, entrou na Companhia de Jesus em 1965 e foi ordenado sacerdote em 1974. É licenciado em Filosofia pela Universidade Católica e em Teologia pela Universidade Gregoriana (Roma). Tem-se dedicado sobretudo à pastoral universitária, em Coimbra e no Porto, e ao acompanhamento espiritual. Co-fundador do Centro de Estudos de Bioética, tem uma larga intervenção neste âmbito. Foi responsável entre 1998 e 2006 pela formação inicial dos jesuítas portugueses (Noviciado). É um conferencista muito solicitado em várias áreas e colabora na Rádio Renascença. É autor de O Olhar e o Ver, Não há Soluções, há Caminhos e Vocação e Vocações Pessoais e co-autor de Nem Quero Crer, Pensar a Vida e Pensar a Morte.

Ler mais