Partilhar

Desconto: 10%
13,95 € 15,50 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Aclamado pela crítica e comparado a Graham Greene ou John Le Carré, correspondente da United Press International no Médio Oriente e produtor executivo do programa Cross Fire da CNN em Washington, Daniel Silva trocou o jornalismo político pelos romances de espionagem e revelou-se um herdeiro de primeira água dos grandes clássicos da intriga internacional. O Confessor, parte de uma “trilogia acidental sobre o tema inesgotável do Holocausto” (Daniel Silva), encena uma crise na Igreja Católica, questiona a conivência do Vaticano com as atrocidades cometidas pelo regime Nazi, e inicia-nos nos meandros da vida dupla de Gabriel Allon, talentoso restaurador de arte e ex-agente dos Serviços Secretos de Israel. A história cruza as vidas de três personagens emblemáticas: um Papa que pretende revolucionar a Igreja e abrir os arquivos do Vaticano; um assassino a soldo que é um mito na história do crime europeu; um anti-herói obcecado com a ideia de vingança e empenhado em restabelecer a verdade.

Ler mais

Autor

Daniel Silva

Daniel Silva foi jornalista e trabalhou para a UPI, primeiro em Washington e depois no Cairo, como correspondente para o Médio Oriente. Nesse período cobriu diversos conflitos políticos e a guerra Irão-Iraque. Conheceu a sua mulher, correspondente da NBC, e regressaram aos Estados Unidos, onde Daniel Silva foi produtor da CNN durante vários anos, tendo sido responsável por alguns programas muito populares, como CrossfireThe International Hour e The World Yoday, entre outros. Em 1997, logo após o êxito do seu primeiro livro, The Unlikely Spy, Daniel Silva resolveu dedicar-se por completo à escrita, tendo entretanto publicado diversos best-sellers mundiais. 
O Washington Post coloca-o «entre os melhores jovens autores norte-americanos de literatura de espionagem» e é com frequência comparado a Graham Greene e a John Le Carré. Vive em Washington D. C., com a mulher e dois filhos.

Ler mais