Partilhar

Desconto: 10%
14,31 € 15,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Na Poeira do Tempo não é uma autobiografia, mas sim um livro de memórias, sob a forma de crónicas, de uma vida dedicada aos livros, como editor há sessenta e oito anos e autor a 75 anos. E outros textos que abordam vivências do autor no Portugal salazarista e no Portugal de hoje, na América do Sul e do Norte (Venezuela, Canadá e Brasil no Séc. XX).


Ler mais

Autor

Mário Mendes de Moura

Mário Mendes de Moura, editor há sessenta e oito anos: no Brasil (Fundo de Cultura, Páginas, Vértice, Andes), em Espanha (PluralSingular) e Portugal (Pergaminho, Arte Plural Edições, Bico de Pena e Vogais & Companhia). O primeiro livro editado no Brasil foi em 1953, A Verdade sobre a Guerra na Coreia, editora Andes. Editou globalmente mais de três mil títulos, para além de quarenta milhões de exemplares.

Emigrado de Portugal após a faculdade de Agronomia (Silvicultura), em razão da sua militância antifascista (MUD Juvenil), viveu fora do país quarenta anos, na Venezuela, no Canadá e sobretudo no Brasil e em Londres.

Com 22 anos, em 1946 escreveu O Campismo na Vida Moderna (Biblioteca Cosmos) em apoio ao seu esforço de introdução do campismo desportivo em Portugal. Portanto autor há mais de setenta e cinco anos.

Em finais de 2008 e 2010 após a venda do grupo Pergaminho e da Vogais & Co., desfruta de alguns anos sabáticos… mais leituras e viagens. E escreve: O Escultor de Almas, O Contador de Estórias, publicados pela 4Estações. E O Homem que Perdeu a Sombra, O Roxo dos Jacarandás e A Paixão dos Suicidas, ainda no prelo. Três romances e dois livros de contos.

Para comemorar os seus 90 anos, em 2014 criou a 4Estações Editora, da qual é o editor.

Em setembro de 2021 publica as suas memórias, Na Poeira do Tempo.

Ler mais