Partilhar

Álvaro Cunhal e as Mulheres que Tomaram Partido

João Céu e Silva

Envio em 10 dias



Desconto: 10%
11,61 € 12,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

«Conhecer mais uma parte de Álvaro Cunhal e entender o papel fundamental das mulheres para a implantação do Partido Comunista durante o regime anterior foi o objectivo desta investigação, que sucede a Uma Longa Viagem com Álvaro Cunhal, e que reúne num mesmo volume o depoimento de 25 mulheres. Cada uma faz, ao seu modo, parte de um retrato de corpo inteiro que desejei o mais completo possível para mostrar o que foi a participação feminina na luta política entre as décadas de 40 e 70. A cada uma foi-se buscar uma faceta: a motivação para mergulhar na clandestinidade; a descoberta da injustiça; o silêncio perante a tortura; a resistência à solidão; a separação dos filhos; a inexistência de uma vida emocional, a admiração por ideias de igualdade; a alfabetização; o aprendizado da teoria política; a responsabilidade em assegurar a segurança das casas de apoio; o exílio... Cada uma destas mulheres deu um pouco de si para mostrar o que era a vida da mulher no Partido e num Portugal fechado ao mundo durante grande parte do séc. XX.»"

Ler mais

Autor

João Céu e Silva

João Céu e Silva nasceu em Alpiarça, em 1959, e viveu no Rio de Janeiro, onde se licenciou em História. Desde 1989 que é jornalista e colaborador do Diário de Notícias. Uma Longa Viagem com Vasco Pulido Valente é o sexto volume desta série, que conta com outros autores: José Saramago, António Lobo Antunes, Miguel Torga, Álvaro Cunhal e Manuel Alegre. Além da investigação literária, tem a histórica: Álvaro Cunhal e as Mulheres que Tomaram Partido, 1961 – O Ano que Mudou Portugal, 1975 – O Ano do Furacão Revolucionário e Fátima – A Profecia Que Assusta o Vaticano. Em 2013, recebeu o Prémio Literário Alves Redol com o romance A Sereia Muçulmana. Na ficção publicou também 28 Dias em Agosto, A Hora da Ilusão, Adeus, África e A Segunda Vida de Fernando Pessoa. 

Ler mais