Partilhar

Insubmissão: Aversão ao Serviço Militar no Portugal do Século XVIII

Fernando Dores da Costa

Sujeito a confirmação por parte da editora

Desconto: 10%
26,35 € 29,28 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Apresentam-se as muitas e variadas dificuldades com que, no Portugal do século XVIII, se confrontam as tentativas de organização de uma forma militar de acordo com as normas e os costumes do estilo militar europeu. Partindo da análise da guerra de 1762, episódio da Guerra dos Sete Anos, e da presença em Portugal do conde de Lippe como organizador das forças em tempo de perigo e depois como supremo dirigente militar das tropas do rei de Portugal, identificam-se tradições de resistência ao recrutamento militar e de inconformidade às exigências de formação da cavalaria e de dedicação profissional dos oficiais.
Acompanha-se o destino das celebradas reformas de Lippe, evidenciando-se os limites políticos do pombalismo como uma mudança política que não afectava os comportamentos populares e quotidianos. No final do século subsistem as tradicionais resistências. Apresenta-se a insubmissão, o incumprimento das ordens por indivíduos de vários grupos sociais, em suma, a ausência daquilo que a literatura nacionalista quis que fosse tomado como óbvio: o Estado e a nação. Na verdade, o governo dos homens seguia outros caminhos.

Ler mais

Autor

Fernando Dores da Costa

Ler mais