Partilhar

Desconto: 47%
7,00 € 13,12 €

Detalhes do Produto

Sinopse

O sentir europeu não converge com o ideal de uma Europa moderna? Procura-se reencontrar para a Europa os seus elementos matriciais. Mas a Europa moderna liga-se também à imagem desencantada do seu futuro. Para uns, há a clara tentação de prever, de desejar, de imaginar o fim segundo o veredicto niilista. Outros, porém, esperam da Europa, ainda e apesar de tudo, uma partilha universal das ideias e dos valores.
As reflexões de muitos intelectuais e a acção política a favor da reconstrução europeia imaginam uma Europa na base da ideia da Reconciliação em nome da unidade da civilização europeia, do bem comum superior, enfim, do interesse comunitário.
O mesmo é dizer, em nome de laços históricos com o Ocidente e de pertença à «família europeia» imagina-se, cria-se a Europa na unidade e diversidade. E todo este processo de construção europeia foi e é feito de sucessos e de insucessos, de crises, de relances, de esperanças, de entusiasmos, de resistências.
Imaginar a Europa é pensar e reflectir sobre projectos de ordem política, religiosa, económica, social, cultural. Imaginar a Europa é também reflectir sobre o seu destino, o seu posicionamento estratégico, sobre o seu papel no Mundo, sobre um futuro em perspectiva.

Ler mais

Autor

Maria Manuela Tavares Ribeiro

MARIA MANUELA TAVARES RIBEIRO é Professora Catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e Coordenadora Científica do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX da Universidade de Coimbra - CEIS20.

Ler mais