Partilhar

Humanizar as Organizações - Novos Sentidos para a Gestão de Pessoas

Helena Águeda Marujo, Luís Miguel Neto, Mário Ceitil

Em Stock


Desconto: 10%
21,60 € 24,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

A humanização das organizações não é, em si mesma, um tema novo – a história da gestão tem assinalado a concretização de inúmeras investigações, cujos resultados se expandiram e popularizaram em variados modelos, que têm vindo a demonstrar de forma crescente a existência de uma relação virtuosa entre o bem-estar das pessoas e a produtividade no trabalho. Reunindo abordagens e perspetivas de diferentes autores nacionais e internacionais – desde o Brasil aos Estados Unidos, a Espanha e Itália –, bem como análises e investigações de grande atualidade, esta obra evidencia como as organizações que colocam as pessoas no centro da gestão e da inovação atingem melhores resultados, sendo por isso do interesse de quem realmente se preocupa em encontrar plataformas concretas para transformar as organizações em espaços de construção de uma maior e mais profunda humanidade.

Ler mais

Autor(es)

Helena Águeda Marujo

Ler mais

Luís Miguel Neto

Ler mais

Mário Ceitil

MÁRIO CEITIL (mceitil@cegoc.pt) é director associado da CEGOC. Consultor e formador em empresas, organizações e Administração Pública desde 1981, participou em projectos internacionais liderados pelo Grupo CEGOS. É professor convidado da Universidade Lusófona e da Faculdade de Ciências Económicas e Empresariais da Universidade Católica. É consultor CMC (Certified Management Consultant) pelo ICMCI - The International Council of Management Consulting Institutes. É ainda formador certificado em Appreciative Leadership peta CPC (Corporation for Positive Change). Publicou mais de uma centena de artigos em jornais e revistas, e os livros O Carro de Jagrená - A Gestão das Pessoas nos Contextos da Modernidade, Sociedade, Gestão e Competências, Gestão e Desenvolvimento de Competências, Gestão e Desenvolvimento de Competências (org.) e Gestão de Recursos Humanos para o séc. XXI.

Ler mais