Partilhar

Desconto: 10%
9,81 € 10,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Poema Chão

palavras para Manuel de Barros

apetece-me des-ser-me;
reatribuir-me a átomo.
cuspir castanhos grãos
mas gargantadentro;
isto seja: engolir-me para mim
poucochinho a cada vez.
um por mais um: areios.
assim esculpir-me a barro
e re-ser chão. muito chão.
apetece-me chãonhe-ser-me.

Ler mais

Autor

Ondjaki

Ler mais