Partilhar

E Se Recomeçássemos Pela Cultura?

Jean-Noël Tronc

Sujeito a confirmação por parte da editora

Desconto: 20%
12,40 € 15,50 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Ao contrário das grandes potências, que vêm na cultura um pilar da economia, coesão social e influência externa, a União Europeia tem vindo a desprezá-la. Na batalha em defesa do direito de autor, em Bruxelas, a incompreensão entre a cultura e o digital afastou muitos artistas da União, que não os soube cativar, apesar das suas realizações.

Pôr a cultura em primeiro lugar permitirá à União Europeia, desestabilizada pela rejeição popular, tornar-se novamente desejável aos olhos dos cidadãos e afirmar a sua independência e identidade. Contudo, os gigantes da tecnologia, numa acção perniciosa, procuram fazer crer que uma política cultural europeia atrasa o desenvolvimento tecnológico.

Este livro demonstra o contrário. A soberania digital e o desenvolvimento das indústrias culturais são as duas faces complementares de uma Europa livre e forte. Jean-Noël Tronc, homem de vasta experiência no sector da cultura, numa prosa combativa, defende a união das novas tecnologias e das indústrias culturais, para ajudar a reerguer o projecto europeu. Em defesa da cultura e da Europa, é tempo de reagir!

Ler mais

Autor

Jean-Noël Tronc

Ler mais