Partilhar

Civilização - O Contributo da Europa para a Civilização Universal

Kenneth Clark

Temporariamente Indisponível



Desconto: 10%
22,49 € 24,99 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Uma narrativa arrebatadora do percurso da Europa Ocidental na sequência do colapso do Império Romano, produzindo ideias, livros, edifícios, obras de arte, gerando os grandes criadores e personagens marcantes da civilização europeia e, por isso, no mundo. Um roteiro singular para uma viagem pela arte, as realizações materiais, o património imaterial, um encontro com grandes figuras históricas da Europa que fizeram a civilização. Num momento em que novos obscurantismos ameaçam a civilização, a leitura desta obra única é uma bênção e uma esperança. 

Civilização ocupa-se de algo que está a cair em desuso: o papel do legado europeu no desenvolvimento do espírito humano. Em especial de grandes homens como Dante, Miguel Ângelo, Bernini, Bach ou Voltaire, embora a lista não se limite aos nomes óbvios. E sendo o enfoque a Europa Ocidental, o autor não ignora o contributo de outras latitudes para o progresso da humanidade. Kenneth Clark foca-se nos episódios cruciais da civilização. Conduz o leitor numa visita emocionante pelas obras do génio europeu, em arquitectura, escultura e pintura, filosofia, literatura e música, ciência e engenharia. Com base numa abrangente contextualização histórica, leva-nos a conviver com o extraordinário elenco dos homens e mulheres que deram nova energia à civilização e alargaram a nossa compreensão do mundo e de nós próprios.


Ler mais

Autor

Kenneth Clark

Kenneth Mckenzie Clark nasceu em Londres em 1903. Foi escritor, diretor do museu do Reino Unido, e um dos mais conhecidos historiadores de arte da sua geração. Estudou na Universidade de Oxford e especializou-se em história da arte. Com trinta anos foi nomeado para diretor da National Gallery, e no ano seguinte, Superintendente da Royal Collection. A partir de 1946 passou a dedicar-se à escrita e ao ensino, dando aulas em Oxford. Foi Chanceler da Universidade de York entre 1967 e 1978 e membro do conselho do Museu Britânico. Tornou-se membro proeminente do Partido Conservador e nos seus últimos dias converteu-se ao Catolicismo

Ler mais