Partilhar

Cinquenta Noites de Abril

Lídia Praça

Em Stock



20,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Será que se sobrevive à perda de um grande amor? Clara teria respondido: não se sobrevive!

O mundo está em convulsão e a vida de cada um pode mudar, inesperadamente, a qualquer instante. Paulo, um Capitão de Abril, e Clara, uma psicóloga, progressista e culta, que há muito se enredam na beleza da sedução mútua, vivem uma estória pontuada de encontros e desencontros. Agora, em finais de 2023, aproxima-se a hora da quinquagésima madrugada de abril, que ambos decidem finalmente viver juntos. Clara sempre se sentira incompleta sem Paulo; assim como ele, que simplesmente não sabia viver sem ela. Cada desencontro, cada desunião trazia sempre o inevitável regresso de Paulo para junto da mulher que amava. Mas um dia, um mal-entendido, faz com que Paulo a veja partir … talvez para sempre.

In “Cinquenta Noites de Abril”


Ler mais

Autor

Lídia Praça

Lídia Praça nasceu em Bragança. Licenciou-se em Direito, na Universidade Católica e obteve uma pós-graduação em Estudos Europeus. É jurista e quadro superior dirigente da Administração Publica.

Foi perita do Estado português, na direção-geral da concorrência, da União Europeia, em Bruxelas e membro do grupo interministerial no II plano nacional para a igualdade, cidadania e género.

Foi assessora do secretário de estado da juventude e desporto, no XIX Governo Constitucional.

Foi presidente do Instituto Português do Desporto e Juventude, vogal do conselho de administração da Movijovem e vogal da comissão liquidatária da Fundação para o Desenvolvimento das Tecnologias de Informação.

É embaixadora de ética desportiva, vice-presidente nacional da União Hispanomundial de Escritores, membro do conselho consultivo do Observatório do Mundo Islâmico e secretária do conselho fiscal. É membro da Associação Portuguesa de Mulheres Juristas e membro honorário do Círculo de Escritores Moçambicanos na Diáspora.

Em 2021, recebeu o prémio César Vallejo à excelência na defesa da paz e justiça social e em 2022, o prémio Águila de Oro à excelência humanística.

É autora de artigos de opinião, em órgãos de comunicação social, participa em programas de televisão e é conferencista em colóquios, conferências e seminários, na área da lei e da justiça e, também dos direitos humanos.

Tem vários livros publicados, destacando-se nos contos e narrativas, romance e poesia.

Ler mais