ENVIOS GRÁTIS - Para compras de 20/11 a 16/12. Devolução prolongada até 30/01/2021. Ver condições

Partilhar

As Humanidades, os Estudos Culturais, o Ensino da Literatura e a Política da Língua Portuguesa

Fora de Coleção

Vítor Manuel de Aguiar e Silva

Indisponível


Desconto: 20%
22,32 € 27,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

O estudo da literatura está seriamente posto em causa, desde há décadas, pela sistemática erosão dos conceitos de arte, de estética e de beleza.
As HUMANIDADES são saberes disciplinares ensinados e cultivados nas Escolas, desde o Ensino Básico até à Universidade, que se têm constituído ao longo dos séculos e que têm como objecto de estudo o homem enquanto animal que fala, que escreve, que se exprime e comunica através de textos orais e de textos escritos, assim criando mitos, religiões, poemas, narrativas, leis, ordenamentos políticos, sistemas filosóficos, teorias científicas, etc., que consubstanciam as civilizações e as culturas. As Humanidades são, por isso mesmo, saberes indissociáveis da memória histórica do homem e saberes cuja teoria e cuja prática são fundamentais na construção do presente e do futuro. Esta obra é uma reflexão preocupada, mas não pessimista, sobre a relevância do ensino das Humanidades num mundo e em Escolas em transformação profunda e célere. Uma reflexão, como diz o título do capítulo 1, contra os cépticos e contra os dogmáticos.

Índice

1. Pequena Apologia das Humanidades: Contra os cépticos e contra os dogmáticos
2. Reflexões tempestivas sobre a crise das Humanidades
3. As Humanidades e a cultura pós-moderna
4. Sobre o regresso à Filologia
5. Genealogias, lógicas e horizontes dos Estudos Culturais
6. Horizontes de uma nova interdisciplinaridade entre os Estudos Literários e os Estudos Linguísticos
7. Língua materna e sucesso educativo
8. O texto literário e o ensino da língua materna
9. Teorização literária
10. Teses sobre o ensino do texto literário na aula de Português
11. As relações entre a Teoria da Literatura e a Didáctica da Literatura: Filtros, máscaras e torniquetes
12. A ´leitura` de Deus e as leituras dos homens
13. Texto e contexto na história literária
14. Variações sobre o cânone literário
15. O «naufrágio» de Os Lusíadas no ensino secundário
16. A poesia no ensino
17. Os programas de Literatura Portuguesa no ensino secundário
18. Portugal, país de poetas? Revisitação da poesia dos séculos XVII, XVIII e XIX
19. Contributos para uma política da língua portuguesa
20. Ilusões e desilusões sobre a política da língua portuguesa
21. Da língua na política à política da língua
22. A minha língua é Portugal

Tábua de procedência dos ensaios
índice onomástico

Ler mais

Autor

Vítor Manuel de Aguiar e Silva

Vítor Aguiar e Silva (n.1939) foi professor catedrático da Universidade de Coimbra e da Universidade do Minho. Tem consagrado a sua atividade ao ensino e investigação à Teoria da Literatura, aos Estudos Camonianos e à Literatura Portuguesa do Maneirismo, do Barroco e do Modernismo.

As suas obras têm sido distinguidas com os mais prestigiosos prémios. A Universidade de Lisboa e a Universidade dos Açores concederam-lhe o título de doutor honoris causa. É académico de mérito da Academia das Ciências de Lisboa. A Universidade de Évora atribuiu-lhe o Prémio Vergílio Ferreira de 2002 e, em 2007, o seu contributo foi reconhecido com o Prémio Vida Literária, pela Associação Portuguesa de Escritores. No ano de 2012, a Universidade de Santiago de Compostela atribuiu-lhe a sua Insígnia de Oro. Em 2018 recebeu o prémio Vasco Graça Moura – Cidadania Cultural.


Em 2020, Vítor Aguiar e Silva é distinguido com o Prémio Camões – uma justa homenagem pelo seu contributo ímpar na excelência da Língua Portuguesa.

Ler mais