Partilhar

Arrayollos - Revista de Cultura do Município de Arraiolos, Nº3

Sílvia Pinto

Poucos exemplares em stock



Desconto: 10%
13,50 € 15,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Neste número, damos continuidade à heterogeneidade temática que desde o início tem marcado esta revista e mantemos a mesma estrutura e divisão sectorial dos anos anteriores, constituída pelos estudos locais, gerais e institucionais. Assim, sobre o concelho, apresentamos este ano assuntos tão díspares e tão importantes como os tapetes de Arraiolos, os pintores arraiolenses Dordio Gomes e Zé Gandaia, a figura de Manuel Inácio Pestana e os seus estudos sobre Arraiolos, a história da Herdade da Fonte Santa no Vimieiro e uma abordagem à atividade industrial em Arraiolos no período da I República. Depois, na secção de “Estudos Gerais”, o Convento das Servas de Borba, a centenária empresa J. T. Pirra em Estremoz e a arqueologia em Vila Viçosa. Por fim, na secção dos “Estudos Institucionais”, apresentamos quatro artigos. Um artigo sobre as atividades dos serviços educativos dos dois projetos museológicos deste município, uma auto-entrevista da responsável da residência artística Córtex Frontal, o Museu-Biblioteca da Casa de Bragança e o novo Museu Berardo em Estremoz.


Ler mais

Autor

Sílvia Pinto

Sílvia Pinto nasceu no Porto, freguesia de Massarelos, ainda sob o regime ditatorial, tendo desde cedo descoberto a paixão pela leitura e pela escrita. Licenciou-se na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, em 1994. Mais tarde, em 2012, especializou-se na área das Bibliotecas Escolares, concluindo uma Pós-Graduação em Ciências da Educação - Bibliotecas Escolares. Professora de Português há três décadas e Coordenadora de Bibliotecas Escolares há dez anos, potencia a sua realização profissional nos contextos de aprendizagem informal, através do poder encantatório da leitura, da representação, do canto, das artes, das conexões de afeto e de generosidade. Em 2008, publicou o seu primeiro livro: Tita das Tranças, com ilustrações de Diamantino Silva, revertendo as vendas para a IPSS Fundação Padre Luís, em Oliveira do Douro, Vila Nova de Gaia, local onde reside e leciona presentemente.

Venceu, em 2016, o Prémio Literário "Textos de Amor - Manuel António Pina", do Museu Nacional da Imprensa. Considera a poesia e o conto como formas primordiais de tocar nos corações dos leitores. No seu percurso como professora e bibliotecária sentiu que, na literatura infantojuvenil, há um tema sobre o qual pouco se escreve: a Sexualidade. Com mais de meio século de vida, achou por bem juntar-se a quem desbrava esse caminho...

Ler mais